Amanda Menger
Tubarão

O que os números 190, 192, 193, 198 e 199 têm em comum? Muita coisa! São números dos serviços de emergência, acionados gratuitamente pela população. Nos próximos 40 dias, em Blumenau, estes números passarão a tocar em um único local: a Central de Emergência. A secretaria estadual de segurança pública e defesa do cidadão pretende instalar esta mesma central no próximo ano em Tubarão. Até o fim deste ano, o projeto será implantado em outros sete municípios.

A novidade foi anunciada ontem à noite, pelo coronel Vânio Luiz Dalmarco, especialista em monitoramento com câmeras de segurança, em um encontro na Associação Empresarial de Tubarão (Acit). A reunião foi promovida pela Associação dos Jovens Empreendedores de Tubarão (Ajet).

A central será construída junto ao Batalhão da Polícia Militar. “Pensamos na Polícia Militar porque a estrutura para o recebimento das ligações é melhor, há mais pessoal do que, por exemplo, os bombeiros”, explica o coronel Dalmarco. O planejamento está na fase inicial, ainda é necessário elaborar o projeto arquitetônico.

O local receberá as ligações dos municípios da micro região e, a partir dali, fará o acionamento das viaturas. “Queremos racionalizar o efetivo e os equipamentos. Assim, evitaremos que o Samu e os bombeiros sejam chamados para a mesma ocorrência, por exemplo”, observa.

Também será possível monitorar as imagens captadas pelas câmeras de segurança. “Poderemos monitorar as câmeras do sistema público e ainda de empresas também que forem conveniadas, independente do município. Assim, ao ocorrer um crime em uma loja e a câmera estiver no nosso sistema ao disparar o alarme, os policiais poderão monitorar isso e deslocar a viatura, se necessário”, explica.