Zahyra Mattar
Tubarão

A secretaria estadual de administração deve assinar nos próximos dias o edital de licitação para a instalação de um sistema de monitoramento de câmeras em Tubarão no próximo ano. O Notisul adiantou, com exclusividade, esta informação, no dia 24 do mês passado. O edital já deveria ter sido assinado, há uma semana, mas, por questões de agenda, não foi possível o secretário estadual de segurança pública, Ronaldo Benedet, vir a Tubarão para isso.

Sexta-feira, quando esteve na cidade para compromissos políticos, Benedet e o secretário de administração, José Ney Ascari, confirmaram que devem retornar em aproximadamente uma semana para detalhar o projeto e lançar o edital. Além de Tubarão, serão contemplados outros dois municípios do oeste do estado.
O pedido para a instalação do sistema foi feito há anos pela Associação Empresarial de Tubarão (Acit) e Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). Um projeto chegou a ser elaborado e aprovado no conselho de desenvolvimento regional em Tubarão, em 2006. Desde então, aguardavam-se recursos.

Pelo projeto inicial, de 2006, seriam instaladas 36 câmeras em pontos centrais de Tubarão, além dos acessos ao município. O monitoramento, 24 horas, seria feito pela Polícia Militar. Na época, a proposta estava orçada em R$ 2,4 milhões. A sugestão era que 71% do valor fosse do estado e os outros 29% da prefeitura de Tubarão.