Zahyra Mattar
Tubarão

As rodovias catarinenses que dão acesso às praias estavam com o trânsito lento no início da noite de ontem. A expectativa da Polícia Rodoviária Federal (PRF) era de que a situação se normalizasse somente na madrugada. Toda a movimentação teve um motivo: a previsão de chuva para o fim de semana não se concretizou. O resultado foi praias cheias.

Na região compreendida entre Imbituba e Jaguaruna, o tráfego de veículo era bastante intenso. Em Laguna, em alguns momentos houve formação de filas, especialmente no sentido norte-sul da BR-101. Em Imbituba e Laguna, nos balneários mais procurados no sul do estado, o fim de semana foi de sol, calor e gente bonita na praia.

Em comparação, nas cidades não litorâneas, o sábado e o domingo custaram a passar para quem preferiu ficar em casa. Tubarão, por exemplo, estava como no Ano-Novo: vazia. Em Gravatal, as estâncias termais também atraíram grande número de visitantes. Inclusive, muitos deles estavam hospedados em Laguna e Imbituba, mas decidiram conhecer os outros atrativos da região com a família.

No Farol de Santa Marta, em Laguna, e no Camacho, em Jaguaruna, o movimento somente não foi maior por conta das condições das estradas que levam a estes dois lugares (leia mais na página 4 desta edição). Apesar do esforço das prefeituras em manter os acessos trafegáveis, muitos optaram por não arriscar e seguiram para outros destinos.

Defesa Civil de Santa Catarina alerta para o mau tempo no litoral do estado
O sol forte e calor registrados durante o fim de semana não deverão permanecer por muito mais tempo em Santa Catarina. O Departamento Estadual de Defesa Civil de Santa Catarina emitiu, ontem à tarde, um novo alerta para a região litorânea. A previsão é de chuva constante e forte hoje.

A instabilidade no tempo será provocada pelo transporte da umidade do mar para o continente, associado com a formação de nuvens devido ao calor durante o fim de semana. Há o risco de deslizamentos e alagamentos em várias cidades, especialmente no litoral e em municípios próximos.

Segundo o Centro de Informações de Recursos Ambientais e Hidrometeorologia de Santa Catarina (Epagri/Ciram), as condições de chuva aumentam a partir da tarde de hoje, em forma de pancadas e com trovoada. A precipitação ocorre em todo estado, inclusive no oeste, onde a estiagem já trouxe prejuízos grandes para a agricultura e pecuária.

Os maiores volumes de chuva são esperados para ocorrer entre a Grande Florianópolis ao litoral sul, onde os acumulados para o período entre hoje e esta quarta-feira devem ficar, em média, entre 80 e 100 milímetros.

As temperaturas mais altas devem ser registradas no sul, no oeste e no extremo-oeste catarinense, onde os termômetros poderão marcar até 31° C. Na região de Tubarão, as máximas devem ser altas também: entre 28° C e 31° C. As mínimas previstas devem ocorrer na serra catarinense, onde os termômetros podem chegar aos 13° C.