Laguna

Diferente do observado no mês passado, neste os trabalhadores do lote 25 da duplicação da BR-101, entre Laguna e Capivari de Baixo, retomaram os serviços com força total. Antes, havia 30% de homens e máquinas sobre a pista. Agora, o número chega ao triplo disso.

“Além da garantia de pagamento, temos vontade de ver o trecho bem diferente do que está hoje na temporada de verão. A empresa cumpriu sua parte e esta movimentação é fruto da nossa confiança”, valoriza Amilton Lemos, cuja empresa, a Amilton Lemos Engenharia de Obras, é uma das terceirizadas pelo consórcio Blokos/Emparsanco/Araguaia.

Paralelamente, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) concentra esforços nas operações de conservação e limpeza, conserto de pistas antigas e instalação de sinalização, nos trechos duplicados e simples, a fim de deixar a rodovia em boas condições durante a temporada de verão.

As operações de tapa-buraco são executadas na pista simples, a maioria dos trechos estão locados entre Laguna e Capivari, e Araranguá a Sombrio. Em locais onde após as obras de duplicação serão destinados ao tráfego local, como o trecho do quilômetro 315 ao 317, em Laguna, também são executados os trabalhos de tapa-buracos.