PRF sinalizou local ontem à tarde. - Foto: Thiago Pereira/Divulgação/Notisul.
PRF sinalizou local ontem à tarde. - Foto: Thiago Pereira/Divulgação/Notisul.

Kalil de Oliveira
Laguna

Um deslizamento de terra e pedras bloqueou a pista marginal da BR-101, ontem, em Laguna, por volta das 13h40min, segundo informações de testemunhas. O material também atingiu o acostamento da rodovia federal e parte da cabeceira da Ponte Anita Garibaldi, no canal das Laranjeiras, em Laguna.

A causa mais provável, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), que sinalizou as pistas, é que a encosta deva ter cedido devido às chuvas torrenciais deste fim de semana, mas apenas um estudo detalhado é capaz de identificar o que ocorreu. Hoje, com a melhora do tempo, o material deve ser retirado. Não houve feridos, somente poucos danos materiais ao Dnit, que tem a concessão do trecho.

O quilômetro 316 é o mesmo local que outras vezes proporcionou bloqueios na pista. No inverno de 2014, a umidade provocou a queda de barreira. Na época, motoristas desviavam pela balsa, em Laguna, pois a BR ainda não era duplicada e ficou completamente obstruída.

Região teve maior acumulado de chuva de SC
Devido às chuvas intensas deste sábado e ontem, foram registrados alagamentos em várias ruas, principalmente em Laguna e Imbituba, que receberam o maior volume na região. Nas 24 horas entre sábado e domingo, segundo a Estação Pluviométrica Cemaden e Epagri/Ciram, foi de 111 milímetros para a Cidade Juliana e 132 milímetros para Imbituba, considerados o maior acumulado de Santa Catarina em uma relação de oito cidades. Também houve queda de árvore em Tubarão, em frente à Unisul. Segundo a Defesa Civil, não teve ocorrências de maior intensidade na Cidade Azul.