Mirna Graciela
Orleans

Os arrombamentos em caixas eletrônicos em Santa Catarina são frequentes e os criminosos não dão trégua. No entanto, até agora, na região, os bandidos praticavam o crime com o uso de maçaricos.
Ontem, contudo, pela primeira vez houve uma explosão em um caixa eletrônico. O caso ocorreu por volta das 21 horas, na agência do Banco do Brasil, no Centro de Orleans. Informações extra-oficiais apontam que dois bandidos estariam envolvidos no crime. Eles teriam fugido em um carro preto.

A tentativa foi frustrada. O caixa que explodiram continha somente talões de cheques. Até o fechamento desta edição, por volta da meia-noite, ainda não era possível ter conhecimento do artefato explosivo utilizado pelos criminosos. O ‘serviço’, segundo a Polícia Militar, foi de amador. Isto porque, o material usado para a explosão foi colocado na parte superior da máquina – em cima do painel. Parte do teto da agência bancária foi arrancado.
Cerca de dez policiais militares e o Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) isolaram o local. Até às 22h50min, os criminosos não tinham sido localizados, mas as buscas seguiram durante a madrugada. No último domingo, o mesmo crime ocorreu em Gravatal, também em uma agência do Banco do Brasil.

Os ladrões usaram um maçarico e levaram todo o dinheiro de uma das máquinas. As imagens gravadas pelas câmeras de monitoramento mostraram que o arrombamento foi praticado por três homens. Desde o ano passado, agências bancárias de Tubarão, Laguna, Jaguaruna, Imaruí, Armazém, Capivari de Baixo e Gravatal receberam a ‘visita’ de bandidos.