Tubarão

Os bancários realizarão assembleia na terça-feira, às 8h30min, no Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários de Tubarão e Região (SEEBTR), para votação da proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), apresentada nesta sexta-feira. Se aprovada, as agências abrirão as portas no mesmo dia.

Os banqueiros ofereceram o reajuste de 10% para os salários, Participação nos Lucros e Resultado (PLR) e piso e 14% para os vales. Os dias parados continuam em negociação. Conforme o presidente do sindicato, Armando Machado Filho, há possibilidade de a greve ser encerrada na terça-feira.

As 61 agências da abrangência da Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel), mais Lauro Müller e Orleans – um total de 19 cidades e 610 funcionários -, estão com as portas fechadas desde o último dia 6. 

Os bancários reivindicam 16% de aumento (reposição da inflação mais 5,7% de aumento real), valorização do piso salarial no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$ 3299,66 em junho), PLR de três salários mais R$ 7.246,82, defesa do emprego, fim da terceirização, entre outros. A data-base é 1º de outubro.

No ano passado, a greve durou sete dias. A categoria pedia um reajuste total de 12,5% no salário, um piso salarial de R$ 2.975,49, além de outras questões como um 14º salário, vale-alimentação de R$ 724, vale-cultura de R$ 112,50, mais contratações e combate ao assédio moral.