Amanda Menger
Tubarão

A Unisul não desistiu da Arena Multiuso. Sim, o projeto sairá do papel. Estas são as respostas, respectivamente, da Unisul e do governo estadual sobre a polêmica da execução desta obra. A discussão recomeçou na última terça-feira, quando o reitor da Unisul, Gerson Luiz Joner da Silveira, disse à reportagem do Notisul não acreditar mais na obra. “Estou desacreditado. A Unisul já fez o que tinha de fazer. Até dividimos o projeto em três etapas”, desabafa.

Na quarta-feira, o secretário de desenvolvimento regional em Tubarão, César Damiani, enviou uma nota oficial, relembrando as fases pelas quais o projeto passou desde a indicação em uma reunião do Conselho de Desenvolvimento Regional. No fim do comunicado, o secretário questionou se as declarações do reitor significavam que a universidade estaria retirando-se do projeto.

O pró-reitor de administração da Unisul, Marcus Vinicius Ferreira, garante que há o interesse por parte da universidade, em dar continuidade ao projeto, porém, não dispõe de recursos. “Para 2008, não há recursos no fundo de ICMS e a Unisul tem as suas prioridades e não pode destinar recursos para a obra, mas continua disposta a ceder o terreno, manter o projeto e cuidar dos serviços de infra-estrutura”, assegura Marcus, e acrescenta que a intenção da universidade foi reafirmada pelo reitor em audiência com o governador Luiz Henrique da Silva (PMDB), que contou com a participação de uma comitiva de dirigentes empresariais e políticos de Tubarão.