André Luiz/Difusora/Divulgação/Notisul
André Luiz/Difusora/Divulgação/Notisul

Laguna

Três dias depois de um corte na coleta de lixo pela empresa Louber em Laguna, ontem foi a vez da Serrana interromper os serviços. Desta vez, novamente, o secretário da Fazenda, Administração e Serviços Públicos, Henio Marcelino, agiu ainda mais rápido para garantir o restabelecimento.
De acordo com Marcelino, o pagamento foi realizado algumas horas depois que recebeu a notícia. “Fizemos o pagamento rápido, sem permitir que houvesse transtornos para o município”, explicou. O valor pago à Serrana foi de R$ 69 mil. 

Dívidas equilibradas
Na última terça-feira, a prefeitura de Laguna já tinha negociado com a Louber uma dívida próxima de R$ 400 mil mediante o pagamento semanal de R$ 50 mil. Pelo menos, seis bairros da Cidade Juliana tiveram interrupção da coleta, entre estes Mar Grosso, Magalhães, Barranceira, Progresso e Juliana.
“As outras cidades têm os mesmos problemas, talvez em uma proporção menor, mas a falta de recursos é uma realidade”, justificou Marcelino sobre a negociação.