Construtora Triunfo, responsável pelo Lote 26, entre Tubarão a Sangão, terminou a edificação de todas as nova obras-de-arte especiais e pavimentou 100% das pistas principais.
Construtora Triunfo, responsável pelo Lote 26, entre Tubarão a Sangão, terminou a edificação de todas as nova obras-de-arte especiais e pavimentou 100% das pistas principais.

Zahyra Mattar
Tubarão

A concentração dos trabalhos nas obras-de-arte especiais, faz com que, aparentemente, a duplicação da BR-101 sul não avance. Mas o momento é de finalização de serviços essenciais para que as empresas possam concluir a pavimentação das pistas principais.

Um exemplo é o Lote 26, de Tubarão a Sangão, sob a responsabilidade da Construtora Triunfo. A duplicação das pistas centrais estão prontas. O foco agora é a finalização das ruas laterais.
Neste caso, o avanço até o mês passado foi de um quilômetro: passou de 25,1 km para 26,1 km concluídos. A empresa terminou também todas as nove obras-de-arte especiais no mesmo período.

Já no Lote 25, de Capivari de Baixo a Laguna, no último mês, as atividades concentraram-se no viaduto duplo de acesso a Capivari e a pavimentação das ruas laterais. Ainda faltam 10,5 quilômetros para serem pavimentos em todo o Lote 25.
No geral, a duplicação do trecho sul da BR-101 terminou outubro com quatro lotes de pistas concluídos (ainda são feitos acabamentos e colocação da sinalização, entre outros serviço menores) e cinco lotes de obras-de-arte especiais prontos.

Hoje, estão finalizados 87 viadutos (12 em andamento), 27 pontes (uma em obras) e 12 pontes foram reforçadas e alargadas (uma em andamento). Em termos de pistas, dos 238,5 quilômetros de extensão da rodovia, 194,55 quilômetros estão duplicados e liberados.
Com isso, restam 43,95 quilômetros a ser feitos. Até o mês passado, foram finalizados também 186,55 quilômetros de restauração e 169 quilômetros de ruas laterais.