Zahyra Mattar
Jaguaruna

O governo do estado já decidiu: não construirá o terminal de cargas do Aeroporto Regional Sul em Jaguaruna. Assim que o empreendimento for finalizado pela construtora Espaço Aberto – isto está programado para fevereiro de 2010, mas a empreiteira quer terminar a obra em dezembro deste ano -, o local será privatizado.

A informação é do presidente da SC Parcerias, Ivo Carminati. “Entregamos a obra e a iniciativa privada construirá o terminal de cargas. Este modelo de gestão é utilizado, com extremo sucesso, em todos os países desenvolvidos e no estado de São Paulo, por exemplo. Santa Catarina não pode esperar pelo desenvolvimento, tem que criar mecanismos para que ele ocorra”, pondera Carminati.

O presidente da empresa explica ainda que, hoje, o percentual de investimento de Santa Catarina é de 0,003% a cada R$ 1,00 arrecadado. “O estado precisa de logística. E as parcerias que prevemos com o setor privado nos trará estas obras. Quando tivermos esta logística todo, ninguém nos pega mais. Já somos um dos melhores estados do país em diversas área e seremos também nesta”, avalia.

Atualmente, o estado investe recursos próprios (R$ 6 milhões) na construção do terminal de passageiros (1.913,40 metros quadrados de área), redes elétrica e hidrossanitária, climatização, subestação de energia com capacidade para 300 KVA, estação de tratamento de esgoto e de água, estrutura contra incêndio (unidade do Corpo de Bombeiros), telecomunicação de telefonia e cabeamento estruturado, proteção contra descargas atmosféricas, paisagismo e torre de controle de tráfego aéreo.