Mirna Graciela
Tubarão

O garoto Joaquim Antônio Viçosa Dornelles, 12 anos, foi alvejado com dois tiros, sábado, por volta das 12h30min, no bairro Morrotes, em Tubarão. Com isto, a cidade contabiliza 16 homicídios este ano.
De acordo com informações preliminares, ele foi levado com vida para o Hospital Nossa Senhora da Conceição por uma pessoa não identificada. Os profissionais da instituição tentaram reanimá-lo, mas ele não resistiu e faleceu às 17 horas.

As primeiras notícias que chegaram às Polícias Civil e Militar horas após o crime eram muito desencontradas. Um inquérito foi instaurado pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) para apurar a autoria do homicídio. Segundo os primeiros indícios levantados pela Polícia Civil, nenhuma hipótese está descartada. Pode ter sido uma morte acidental ou proposital.
Rumores dão conta de que o garoto brincava com outros meninos e alguém atirou acidentalmente. Por outro lado, há quem diga que o menor foi alvejado propositadamente. No primeiro caso, seria homicídio culposo e, no segundo, homicídio doloso.

Na Região Metropolitana de Tubarão (cidade que lidera o ranking), foram registrados 39 crimes desta natureza, este ano.
Depois vêm Laguna, com nove; Braço do Norte, com quatro; Capivari de Baixo, com três; Paulo Lopes e Imbituba, com dois em cada município; e Gravatal, Pedras Grandes e Grão-Pará, com um homicídio cada.