Nono dígito deverá ser utilizado por todos que telefonarem para os códigos de área de Santa Catarina entre os DDDs  41 e 49. Foto: Lysiê Santos/Notisul.
Nono dígito deverá ser utilizado por todos que telefonarem para os códigos de área de Santa Catarina entre os DDDs 41 e 49. Foto: Lysiê Santos/Notisul.

Tubarão

No próximo dia 6 de novembro, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná serão os últimos estados do país a adotar o nono dígito em telefones celulares. O dígito 9 deverá ser acrescentado à esquerda dos números de telefones celulares. O formato ficará assim: 9xxxx-xxxx.

Segundo a Anatel, a partir desta data as ligações com oito dígitos ainda serão completadas por um determinado tempo, durante o processo de adaptação dos clientes e das redes. Nesse período, todos receberão mensagens com orientações. Depois da transição, as chamadas com oito dígitos não serão mais completadas.

O nono dígito deverá ser utilizado por todos que telefonarem para os códigos de área de Santa Catarina, compreendidos entre os DDDs 41 e 49, seja a partir de telefones fixos ou móveis.

Desde 2012, quando iniciou a mudança no país, os brasileiros já se adaptam ao “9” na frente do número de celular nas chamadas para estados do Sudeste, Norte e Nordeste, primeiras regiões na qual a regra passou a valer.

Os detalhes da mudança nos números de celulares estão na resolução nº 533, publicada em 14 de dezembro de 2010. O objetivo, segundo a Anatel, é aumentar a oferta de números de telefones móveis no país e, assim, atender a previsão de crescimento, com a chegada de novos clientes.

Ligações interurbanas ficarão mais baratas em 587 municípios
Desde ontem, as chamadas dos telefones fixos para municípios vizinhos ficaram mais baratas. O benefício foi concedido para consumidores de 587 municípios do Brasil. Nestas cidades, as ligações deixarão de ser cobradas como interurbanas e passarão a ter a mesma tarifa das chamadas locais.

No Sul do Estado, a redução no valor das tarifas atingirá 46 municípios, 27 na área de Criciúma e 19 na região de Tubarão.

O benefício real desta mudança vai depender do plano de serviço contratado pelo assinante. Além dos básicos, as concessionárias oferecem planos alternativos, os preferidos, claro.  A previsão da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) é que a redução das tarifas dos planos básicos locais das concessionárias de telefonia fique em torno de 60%, considerando o valor de R$ 0,08 para o minuto local e o valor médio de R$ 0,20 para o minuto de longa distância nacional.

Área local de Tubarão
Armazém
Braço do Norte
Capivari de Baixo
Grão-Pará
Gravatal
Imaruí
Imbituba
Jaguaruna
Laguna
Orleans
Pedras Grandes
Pescaria Brava
Rio Fortuna
Sangão
Santa Rosa de Lima
São Ludgero
São Martinho
Treze de Maio
Tubarão