Rafael Andrade
Tubarão

Os congestionamento de até 25 quilômetros na BR-101 domingo foram superados ontem. As filas no trecho sul ultrapassaram 40 quilômetros e o motorista precisou de muita paciência. Teve quem encarou quase 15 horas de estrada entre Florianópolis e Porto Alegre. No trecho de Tubarão, alguns pontos ficaram até parados.

"A tendência é que os congestionamentos ocorram sempre entre as tardes de sexta e manhãs de segunda-feira até o fim do carnaval", avisa o inspetor Lauro Silveira Filho, da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Tubarão.

Mais de 500 multas foram aplicadas a motoristas na região. Cerca de 400 a quem trafegava pelo acostamento da 101 para ‘fugir’ do congestionamento. Trinta e seis pessoas morreram durante a Operação Fim de Ano da PRF em rodovias federais do estado, seis na região. Foram dois atropelamentos, dois motociclistas e um capotamento.

O proprietário da empresa Retrans, Cláudio Nunes – responsável pelo recolhimento de lixo de Tubarão, Gravatal, Capivari de Baixo e São Ludgero – conta que houve dificuldades para encaminhar o lixo ao aterro sanitário que fica às margens da BR-101, em Laguna, no bairro Taquaruçu.