Em Garopaba, as pausadas também estão lotadas. Restaram poucas vagas, que devem ser preenchidas durante esta semana, já que a procura é grande. A previsão de tempo bom e os preços mais acessíveis motivaram a vinda dos turistas neste feriado.
Em Garopaba, as pausadas também estão lotadas. Restaram poucas vagas, que devem ser preenchidas durante esta semana, já que a procura é grande. A previsão de tempo bom e os preços mais acessíveis motivaram a vinda dos turistas neste feriado.

Zahyra Mattar
Gravatal

Que coelhinho, que nada! O que os turistas querem mesmo é aproveitar as praias, as águas termais e as belezas da região, enquanto o sol ainda brilha forte neste começo de outono.
A ocupação da rede hoteleira para este feriado de Páscoa surpreendeu até mesmo os empresários do setor. Em Laguna, cerca de 70% das reservas estão confirmadas. Até esta quinta-feira, a previsão é chegar aos 90% de ocupação.

“A procura está grande, especialmente porque a previsão é de tempo bom, com sol”, atesta o empresário Peterson Crippa. Além do clima agradável, um outro fator contribuiu para este sucesso antecipado. Os preços praticados agora, apesar do feriado, já são o da baixa temporada.

“Isto fez com que as reservas começassem a ser feitas antecipadamente este ano, diferente do ano passado”, confirma Crippa. No Farol de Santa Marta, cujo conceito de pousadas e o surfe atraem principalmente casais jovens, não há mais vagas desde a semana passada.

Em Imbituba, até ontem, o percentual de ocupação girava em torno de 80%, especialmente nas praias do Rosa e da Ibiraquera. Em Gravatal, a rede comemora os 100% de lotação.
Há cerca de dez dias não há mais vagas disponíveis nos principais hotéis da cidade. Em Tubarão, os redutos termais também estão com a capacidade quase esgotada.