terça, 21 de agosto de 2018
Facebook Instagram Twitter Youtube
48 3053-4400

Contexto - Matheus Madeira

Médicos do HNSC são acusados de formação de cartel

Publicado em 03/08/2018 00h10

A participação do diretor técnico do Hospital Nossa Senhora da Conceição (HNSC), Cristiano Alexandre Ferreira, na sessão de segunda-feira da Câmara de Vereadores, causou uma imensa polêmica. Cristiano, médico cardiologista por formação, não fez cerimônia ao fazer duras críticas a alguns dos médicos que trabalham na instituição e estariam cobrando honorários considerados absurdos pela direção da unidade. O áudio de uma entrevista concedida a Vera Mendonça (Rádio Bandeirantes) e Ramon Silveira (Rádio Tubá) circulou pelo WhatsApp e a argumentação de Cristiano é chocante! Termos como cartéis, máfia e formação de feudo são usados para definir a atuação dos profissionais que não teriam o perfil de trabalho para atender clientes da rede pública. Para que o leitor compreenda, os atendimentos realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) recebem pagamento do governo federal, mas estes valores ficam muito abaixo do que é cobrado em atendimentos particulares ou por plano de saúde. Por isso, o HNSC precisa complementar os valores. Cristiano afirmou que os seus colegas usam o paciente como moeda de troca ao ameaçar não realizar atendimentos caso o valor exigido não seja pago e dificultariam a chegada de novos profissionais, para que não haja concorrência. “É preciso coragem, engajamento e força política para combater isso. Nenhum médico ganha menos de R$ 20 mil e há médicos que chegam a ganhar R$ 100 mil no hospital”, destacou Cristiano. A Associação Médica Tubaronense (AMT) emitiu nota ontem repudiando as declarações, mas de forma genérica e superficial.

Reforma em andamento
Já é possível ver o movimento da reforma do Ginásio Salgadão, em Oficinas. A empresa vencedora da licitação tem 90 dias para entregar o trabalho, devolvendo ao Município a estrutura que está interditada desde o vendaval de outubro de 2016.

PSL quer apoio a Bolsonaro
As definições de última hora são uma tradição na formação de chapas em Santa Catarina, mas este ano temos um cenário em que as convenções podem ter suas deliberações revertidas até domingo. Por meio de nota oficial, o PSL de Santa Catarina admitiu que estuda a possibilidade de apoiar um candidato ao governo de outro partido, mas sugere que isso estaria atrelado ao apoio à candidatura presidencial de Jair Bolsonaro. Parece pouco provável. PSDB e MDB terão seus próprios candidatos a presidente; o PP está na aliança de Geraldo Alckmin (PSDB); e o PSD tem em sua aliança ao menos dois partidos que provavelmente não aceitariam essa decisão: PCdoB e PDT.

O mais votado da história
O presidente do PSL, Lucas Esmeraldino, deu entrevista ontem ao blog do jornalista Upiara Boschi. Entre as declarações, duas chamam a atenção: Lucas disse ser o vereador mais votado da história de Tubarão, o que não é verdade - Jairo Cascaes foi eleito em 2004 pelo PDT com 3.093 votos (5,45% dos válidos), enquanto Lucas obteve pelo PSDB, em 2012, 2.346 (3,86%); e vangloriou-se da presença de público na audiência pública do projeto de lei Escola sem Partido, não mencionando o nome dos debatedores contrários e o fato de a maior parte das pessoas presentes terem se manifestado contra o texto.

Mais um desistente

O deputado estadual Antônio Aguiar, que trocou o MDB pelo PSD na janela de transferências, anunciou ontem que não será candidato à reeleição. Abre espaço para outros concorrentes da chapa, que pode envolver os partidos de menor porte que estão aliados a Gelson Merisio. Vai apoiar o vice-prefeito de Canoinhas, Renato Pike (PR).

Roteiro regional
Pré-candidato a deputado estadual, Olavio Falchetti (PT) tem intensificado a agenda regional, valendo-se da visibilidade de ter sido prefeito de Tubarão. No último sábado, prestigiou a inauguração da Eco Clínica, em Jaguaruna, do seu amigo Mário Caporal.


VOLTAR
Notisul - Um Jornal de Verdade
LIGUE E ASSINE (48) 3053-4400 Rua Ricardo José Nunes, 346 - Jardins de Pádova - Santo Antônio de Pádua - CEP: 88701-571 - Tubarão/SC
Copyright © Notisul - Um Jornal de Verdade 2017. Desenvolvido por Demand Tecnologia e Bfree Digital