O que você já deixou de fazer por ser mulher? Muitas coisas, certamente, e foi pensando nisso que motivou as jornalistas Fernanda Prestes, Barbara Bárcia e Claudia Alves, e a diretora Luiza de Moraes, a produzir a nova série documental do canal GNT, O Futuro É Feminino. A série surgiu da inquietude de entender processos históricos e o que está sendo feito na atualidade pela igualdade de gênero.

O desafio de transitar por ambientes historicamente masculinizados foi o que moveu a viagem das jornalistas e da diretora a produzir a nova série documental do canal GNT, O Futuro É Feminino.

Durante 40 dias, elas estiveram nos lugares considerados os melhores e os piores para as mulheres viverem atualmente, registrando experiências diversas e mostrando como o movimento feminista é a chave para a luta pela igualdade de gênero.