Hoje, comemoramos o Dia Mundial do Doador de Sangue. Essa celebração objetiva homenagear os doadores, e conscientizar os que ainda não doam sangue, sobre a grande importância desse ato tão generoso, que não dói no corpo e no bolso.
Um simples ato é responsável pela salvação de milhares de vida no mundo. A data foi criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2014, e o dia escolhido é uma homenagem ao nascimento de Karl Landsteiner (14 de junho de 1868 – 26 de junho de 1943), um grande imunologista austríaco que descobriu o fator Rh e várias diferenças entre os diversos tipos sanguíneos.

Requisitos básicos para doação:
• Estar em boas condições de saúde.
• Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos, clique para ver documentos necessários e formulário de autorização).
• Pesar no mínimo 50kg.
• Estar descansado (ter dormido pelo menos seis horas nas últimas 24 horas).
• Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas quatro horas que antecedem a doação).
• Apresentar documento original com foto recente, que permita a identificação do candidato, emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social).