Para estrear esta coluna que tem por objetivo entender e explorar os impactos da tecnologia na educação e por consequência na empregabilidade dos atuais e dos novos trabalhadores, quero começar com uma provocação: Você é um “Aprendedor”?

Embora a palavra por si só já sugira seu significado literal, infelizmente na prática é difícil encontrar pessoas realmente dispostas a atualização constante de conhecimentos, pois na sua maioria, acreditam que o fato de já terem cursado o ensino básico, e quem sabe até uma faculdade e uma pós graduação, seja o suficiente para enfrentar todas as adversidades que surgirão na sua vida profissional de hoje até o dia da sua aposentadoria. Mas saibam que isso não é mais o bastante.
Temos ainda aquelas pessoas que levam a vida no “automático”, em que sua rotina é acordar pela manhã, ir para o trabalho, voltar para casa no fim da tarde e acabar a noite na frente da TV assistindo à programação normal. Quanto muito, de vez em quando optam por um documentário.
Com o advento das novas tecnologias que já estão impactando a vida das pessoas em todas as áreas, inclusive e mais fortemente nas profissões atuais, torna-se imprescindível que todos sejamos “aprendedores” hoje e sempre, caso queiramos manter nossa empregabilidade em alta.

É importante que se diga que podemos fazê-lo de diversas formas, e que a formação através de aulas em escolas tradicionais é apenas um modo. Contudo é sabido que esta metodologia já não atrai muitos profissionais, em especial aqueles com maior idade ou com uma agenda apertada, mas que por força da evolução tecnológica deveriam estar se requalificando.

Felizmente, existem outras formas muito eficientes que também podem ser consideradas, como por exemplo, as plataformas de educação online, que podem ser contratadas através de assinaturas mensais, com direito a centenas de cursos ao mesmo tempo, ou pela compra de cursos específicos. Tudo isso com a flexibilidade para que cada usuário determine seu tempo de estudo, quando e onde o fará.

Nesta linha, outra excelente plataforma é o próprio YouTube, que embora nem todos saibam, disponibiliza, além de “vídeos engraçados” muito conteúdo de excelente qualidade, gratuitos e que podem lhe ensinar desde como “trocar a resistência do chuveiro” até mesmo uma nova profissão.
E claro, não podemos esquecer de mencionar o hábito da leitura, que passa desde literatura técnica até livros de ficção científica.

Enfim, um tema vasto como este requer aprofundamento, e é isto que faremos nas próximas edições.

Grande abraço a todos, e que sejamos constantes “aprendedores”!