Vista geral da Cidade de Tubarão-SC em 1953. Fonte: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/fotografias/GEBIS%20-%20RJ/SC22883.jpg[/caption]

Neste dia 27 de Maio de 2020 a cidade de Tubarão completa 150 anos. Portanto, uma longa história de progresso e de desenvolvimento regional. Assim, dedico a coluna desta semana para homenagear e parabenizar nossa Cidade Azul.

A saber, Tubarão é uma cidade localizada no Sul de Santa Catarina, com uma área de 301,755 km² e uma população estimada pelo IBGE em 105.686 moradores. Quanto ao nome da cidade, está relacionado ao Rio Tubarão, e não ao peixe homônimo. Já a origem do nome do Rio vem do tupi-guarani quer dize “Tubá-Nharô”, ou “pai feroz”.

Há também outra “versão” que relaciona o nome a um cacique influente que habitava a região em tempos longínquos. Seja qual for a versão original, a verdade é que o “peixe” é o mascote de um dos times de futebol e não do município.

Tubarão, muito mais que 150 anos de história

Tubarão, os 150 anos é da sua emancipação do município de Laguna, mas a história vai muito além. Tudo começa com a fundação de Laguna em 1676. Acredita-se que já por volta de 1721 alguns colonos subiram o rio Tubarão em busca de terras melhores e mais produtivas, visto a aridez do solo de Laguna. Eles acabaram por estabelecer-se onde hoje é a Madre, Morrinhos, Passo do Gado e Congonhas (segundo IBGE).

Já por volta de 1773 com o fechamento da barra da lagoa dos Patos (RS) pela esquadra Espanhola, Tubarão acabou tornando-se uma nova rota para ligar Lages à Laguna, usando o Rio como “caminho”. Logo depois, em 1774 tem-se o efetivo início da povoação. Por consequência, em 07.05.1836 era criada a Freguesia de Tubarão pela Lei provincial nº32, sob invocação de Nossa Senhora da Piedade. A emancipação de Laguna ocorreu em no dia 27 de Maio de 1870 pela Lei Provincial nº 635. Ou seja, há 150 anos.

Nos anos seguintes, além de receber a imigrantes de várias etnias, também ocorre a fundação da Cia Inglesa The Donna Thereza Cristina Railway Co Ld e construção da Ferrovia Tereza Cristina. Nesse ínterim, a Cidade Azul já abrigou grandes companhias como a CSN (Companhia Siderúrgica Nacional) que ficou em atividade até 1990. Também já teve um aeroporto. E em 1957 era fundado o atual Complexo Termoelétrico Jorge Lacerda , na ocasião denominada de Sotelca (Sociedade Termelétrica de Capivari).

Tubarão 150 anos de resiliência

Sobretudo nestes 150 anos Tubarão teve que aprender a se reconstruir e superar diversos obstáculos. Talvez o mais marcantes de todos e ainda vivo na memória de muitos foi a enchente de 1974. Os estragos foram incalculáveis. Sem contar, com as centenas de vítimas. Da mesma forma, anos mais tarde teve que lidar com o fechamento de grande espresas, como a CSN, e também, com o atraso na entrega da duplicação da BR101 Sul.
Mesmo com todos os tipos de adversidade, a população sempre conseguiu superar e fazer desta terra um excelente lugar para viver. Tubarão está entre as cidades mais seguras para se viver (https://notisul.com.br/geral/tubarao-jaragua-do-sul-e-brusque-estao-entre-as-20-cidades-menos-violentas-do-pais/) e também a mais hospitaleira do Brasil, segundo o Airbnb (https://notisul.com.br/geral/tubarao-e-considerada-a-cidade-mais-hospitaleira-do-brasil/).

Cidade referência

Como o próprio Hino de Tubarão anuncia: “[…] Para frente sigamos unidos / Para a glória do grande país […]”. Assim vejo a cidade de Tubarão para os próximos 150 anos. E motivos para acreditar nisso há de sobra.

 

Educação

No que tange a educação, segundo o IBGE a taxa de escolarização de 6 a 14 anos de idade é de 98,8%. Sendo que em 2018 registraram-se 12.001 matrículas no ensino fundamental (41 escolas) e 3.826 matrículas no ensino médio (13 escolas).

Da mesma forma, na modalidade de educação profissional (Cursos Técnicos),a cidade também é referencia regional. São ofertadas vagas para cursos em diversas áreas do conhecimento (tecnologia, mecânica, gestão, saúde, etc.). Destaque para as escolas do SENAI, SENAC, IFSC e Cedup. Além disso, a cidade também conta uma Universidade que é destaque nacional e internacional, a UNISUL.

Além das escolas regulares, sejam elas privadas ou públicas, há também um grande movimento do município na formação de novos talentos. Uma ação neste sentido é o Programa Geração 2050 , no qual jovens do 9º ano tem a possibilidade de fazer um curso de Qualificação na área de programação, sem dúvida uma das áreas mais promissoras.

 

Inovação

Igualmente na área da Inovação também são inúmeras ações que visam ampliar a densidade tecnológica na cidade. Centro de inovação. Conselho Municipal de Ciência e Tecnologia. Eventos com o iSummit. Enfim, estes são apenas alguns dos exemplos exitosos que poderíamos citar.

 

Saúde

Aliás, outra área de referência que também deve ser citada é a de Saúde. Seja ela pública (SUS) ou privada. Como resultado, muitas especialidades são ofertadas para a população não só da Cidade Azul, mas também de toda região.

Tubarão o que podemos fazer mais

Portanto, reforço o quanto devemos valorizar e apoiar as ações que visam elevar ainda mais a qualidade de vida em nossa cidade. Similarmente, prestigiar os eventos locais, apoiar a vinda de novas indústrias, conhecer os museus e sua história.
A saber, uma cidade se faz de pessoas. Portanto, Tubarão 150 anos é o fruto das pessoas que vieram antes de nós. Ao passo que Tubarão mais 150 anos, será fruto das nossas ações e das pessoas que virão depois de nós.

Sejamos nós o reflexo da cidade que queremos ter!