Há algumas semanas venho tratando da oportunidade de carreira na área da Tecnologia da Informação – TI, ou comumente conhecida como informática. Já abordamos das oportunidades de trabalho e quanto o mercado necessita de profissionais qualificados a ponto de terem que “importar profissionais” de outras cidades e até de outros Estados, além de apresentar dois cases reais de profissionais aqui de Tubarão, que estão construindo e fortalecendo suas carreiras nesta área (leia em bit.ly/fernandopitt).

Para concluir esta série de textos, hoje vou apresentar algumas oportunidades de formações disponíveis aqui na Cidade Azul. Vale lembrar que temos muitas instituições de renome e cada qual com suas características, assim, os cursos abaixo listados poderão ser encontramos em uma ou mais das seguintes entidades: UNISUL, SENAI, SENAC, IFSC e CEDUP.

Dentre as opções disponíveis, selecionamos aquelas de Nível Médio Técnico e de Nível Superior. Para um Curso Técnico, os requisitos legais é que o aluno esteja pelo menos no 2º ano do ensino médio ou já ter concluído o mesmo, enquanto que para um curso superior é necessário o ensino médio completo.

Quanto a qualidade dos cursos, em ambos os casos formam profissionais competentes para suas áreas, contudo, no primeiro caso por ser de menor duração (em média 2 anos) são mais focados e direcionados para uma área específica, enquanto os cursos superiores de mais longa duração (3 anos para o tecnólogo e 5 anos para o bacharelado) formam profissionais mais generalistas e com uma visão mais ampla e transversal sobre várias áreas da informática.

Não existe um curso melhor do que o outro, e sim, um curso que melhor se adapta ao que o futuro profissional se identifica e gosta de fazer. O que pessoalmente recomendo é que inicie sua formação por um Curso Técnico se possível, ainda durante o Ensino Médio, e em seguida faça uma graduação. Desta forma, seu aproveitamento será muito melhor e quem sabe, até mesmo já estará empregado durante a faculdade.

Curso Técnico em Redes de Computadores: este profissional será responsável por projetar tanto redes físicas quanto lógicas, bem como fazer a instalação, configuração e manutenção destas, além de instalações e configurações de roteadores e switchs. Além disso, também é o responsável pela implementação e administração de políticas de segurança.

Curso Técnico em Informática: este é um dos cursos mais antigos e tradicionais na área da tecnologia da informação e também é um curso bastante genérico, pois abrange em sua matriz curricular conteúdos que darão ao aluno uma visão geral tanto de hardware quanto de software e internet.

Curso Técnico em Informática para internet: originalmente o nome deste curso era de WebDesign e com a reformulação do catálogo do MEC passou a ser designado de Informática para Internet.  O aluno será capacitado para o desenvolver websites, sejam eles estáticos ou dinâmicos. O foco de estudo são linguagens de programação, banco de dados, servidores, programação orientada para objetos além de outros conteúdos correlatos.

Curso Técnico em Jogos Digitais: durante o curso o aluno será formado para programar jogos digitais para dispositivos móveis (celulares e tablets), para computadores ou vídeo games. Para tal, estudará programação, design, incorporação de elementos multimídias ao desenvolvimento dentre muitos outros conteúdos. Diferente do que muitos pensam, neste curso não se joga, e sim, cria-se jogos. Outro detalhe importante é que este profissional geralmente trabalha num grande time de desenvolvedores cada um com atribuições específicas.

Curso Técnico em Desenvolvimento de Sistemas: já este curso forma profissionais com foco no Desenvolvimento de Sistemas, programação de softwares, além de qualifica-los para analisar requisitos funcionais e não funcionais dos produtos desenvolvidos, bem como testar softwares para avaliar se estão de acordo com os requisitos de desenvolvimentos.

Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas: este curso de nível superior de graduação tecnológica tem como base a formação de profissionais para projetar, especificar, documentar, testar e analisar sistemas e softwares. Dentre os critérios de análises estão a robustez, segurança, qualidade e integridade dos sistemas computacionais.

Graduação em Ciências da Computação: este profissional estará apto para gerenciar projetos de sistemas computacionais, especificando, projetando, implementado e mantendo estes sistemas. Ainda será capacitado para identificar e gerenciar potenciais riscos envolvidos em sistemas informatizados, como por exemplo a questão de integridade e segurança da informação.

Agora que você já sabe que a área de Tecnologia da Informação (TI) oferece uma excelente oportunidade para construir sua carreira, conheceu histórias de profissionais aqui de Tubarão que já são destaques a nível mundial, e por fim as oportunidades para iniciar sua formação, é hora de escolher seu curso e se dedicar a ele.

Lembre-se, nesta área além do estudo formal é necessário e muito valorizado o domínio da língua inglesa e formações complementares constantes, pois o desenvolvimento tecnológico tem ocorrido em uma velocidade muito rápida e em poucos anos um profissional poderá estar super desatualizado caso pare de estudar.

Tenha uma ótima carreira em TI.
Leia mais textos desta coluna em: http://bit.ly/fernandopitt