Pronome relativo é uma classe de pronomes que substituem um termo da oração anterior, estabelecendo relação entre duas orações. Por isso, ao mesmo tempo que desempenham a função de pronomes, também exercem o papel de conectivos (interligam as frases)

Exemplo:

Nós devolvemos o livro ao professor. O professor leciona Português.
Nós devolvemos o livro ao professor que leciona Português.
Como se pode perceber, o que, nessa frase, está substituindo o termo professor e está relacionando a segunda oração com a primeira.

Os pronomes relativos são:

Variáveis                                           Invariáveis

O qual, a qual                                     Que (quando equivale a o qual e flexões)
Os quais, as quais                              Quem (quando equivale a o qual e flexões)
Cujo, cuja                                            Onde (quando equivale a no qual e flexões)
Cujos, cujas    
Quanto, quanta    
Quantos, quantas    
 
Emprego dos pronomes relativos

1. Os pronomes relativos virão precedidos de preposição se a regência assim determinar.

Exemplo:
Esta é a casa a cuja construção fiquei responsável.
Esta é a obra de cuja construção fiquei responsável.

2. O pronome relativo que pode ter por antecedente o demonstrativo o, a, os, as.

Exemplo:
Descrevi o que pensava. (o pronome o equivale a aquilo)

3. Quando precedido de preposição monossilábica, emprega-se o pronome relativo que. Com preposições de mais de uma sílaba, usa-se o relativo o qual e flexões.

Exemplos:
Aquela é a apostila com que estudo.
Aquela é a diretora para a qual sou subordinada.

4. O relativo onde deve ser usado para indicar lugar e tem sentido aproximado de em que, no qual.

Exemplo:
Esta é a cidade onde moro.

a) onde é empregado com verbos que não dão ideia de movimento. Pode ser usado sem antecedente.

Exemplo:
Sempre quis morar onde nasci.

b) aonde é empregado com verbos que dão ideia de movimento e equivale a para onde, sendo resultado da combinação da preposição a + onde.

Exemplo:
Aonde você está indo, correndo assim?

5. Os pronomes relativos quanto, quantos e quantas são assim determinados quando seguem os pronomes indefinidos tudo, todos ou todas.

Exemplo:
Gastou tudo quanto possuía.

6. O pronome relativo quem é empregado com referência a pessoas.

Exemplo:
Acredito na professora de quem o diretor elogiou.

7. O relativo quem pode aparecer sem antecedente claro, sendo classificado como pronome relativo indefinido.

Exemplo:
Quem escreveu a redação foi bem avaliado.

8. O pronome relativo cujo (e flexões) é relativo possessivo equivalente a do qual, de que, de quem. Deve concordar com a coisa possuída.

Exemplo:
Apresentaram os resultados em cuja forma está adequada.

9. O pronome relativo que é o de mais diversificado emprego, chamado de relativo universal, pode ser empregado com referência a pessoas ou coisas, no singular ou no plural.

Exemplos:
Joana era a moça que ganhou o prêmio.
Adorei a bicicleta que comprei.
Amor e paciência são as virtudes de que necessitamos para viver bem.

10. Quando possuir antecedente, o pronome relativo quem virá precedido de preposição.

Exemplo:
Samira era a empregada a quem ele demitiu.
Fiquem com Deus e até a próxima coluna!
Dúvidas? Entre em contato! WhatsApp: (48) 99625-6303