Olá!, Leitor Notisul! Tudo bem? Continuemos com a coluna sobre a necessidade de se conhecer as Classes de Palavras.

4. Adjetivos
São palavras variáveis que caracterizam o nome/substantivo, atribuem-lhe características, qualidades ou propriedades. Dividem-se em:

• Gênero: podem ser biformes, quando têm duas formas: masculina e feminina, e uniformes, quando têm apenas uma forma.

• Número: podem ser biformes, quando têm duas formas: masculina e feminina, e uniformes, quando têm apenas uma forma.

• Grau:
– Normal: o adjetivo caracteriza o nome. (ex.: A Amélia é feliz.)
– Comparativo: estabelece-se a comparação entre dois nomes.
– Comparativo de Superioridade (ex.: A Amélia é mais feliz que o Jonas.)
– Comparativo de Igualdade (ex.: O Jonas é tão feliz quanto a Samara.)
– Comparativo de Inferioridade (ex.: A Samara é menos feliz que o Henrique.)
Superlativo Absoluto: a característica atribuída pelo adjetivo é intensificada.
– Superlativo Absoluto Analítico (ex.: O Cláudio é muito feliz.)
– Superlativo Absoluto Sintético (ex.: A Diandra é felicíssima.)
Superlativo Relativo: a característica destaca o sujeito.
– Superlativo Relativo de Superioridade (ex.:  A Diandra é a mais feliz.)
– Superlativo Relativo de Inferioridade (ex.: A Samara é a menos feliz.).

Observação: alguns adjetivos têm graus Superlativos Absolutos Sintéticos irregulares. (ex.: nobre – nobilíssimo). Os adjetivos “bom”, “mau”, “grande” e “pequeno” são casos especiais de comparativos e superlativos (ótimo, péssimo, boníssimo, malíssimo, dentre outros).

5. Verbos
Os verbos indicam ações, qualidades ou estados situados no tempo. Dividem-se em:

• Modo Indicativo (Tempos Simples)
– Presente: indica uma ação praticada no momento em que se fala, que é contínua ou habitual ou que é verdadeira. Ex.: Eu sou feliz.
– Pretérito Perfeito: indica uma ação passada completamente realizada. Ex.: Eu fui feliz.
– Pretérito Imperfeito: mostra uma ação passada, mas não concluída ou ainda em realização. Ex.: Eu era feliz.
– Pretérito Mais-que-perfeito: exprime uma ação anterior a outra passada. Ex.: Eu fora feliz.
– Futuro do Presente: Indica uma ação que se realizará, ou ainda uma dúvida. Ex.: Eu serei feliz.
– Futuro do Pretérito: Indica uma ação que poderia ser realizada. Ex.: Eu seria feliz.

• Modo Indicativo (Tempos Compostos)
– Pretérito Perfeito: presente do auxiliar.
– Pretérito Mais-que-perfeito: pretérito Imperfeito do auxiliar.
– Futuro Perfeito: futuro simples Indicativo do verbo auxiliar.

• Modo Conjuntivo (Tempos Simples)
Apresenta uma ação, qualidade ou estado como possibilidade, desejo ou dúvida.
– Presente (ex.: Talvez eles façam o que pedimos.)

Dúvidas? Entre em contato! E-mail: orientacaoac@gmail.com ou WhatsApp: (48) 99625-6303.