A Escola Municipal Professor José Boeing, em Rio Fortuna, participante do Programa Cooperjovem, promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop/SC), teve uma das ações selecionadas para compor o livro de boas práticas, que inclui cases de 27 das 84 escolas participantes do programa. A José Boeing compõe o livro com a prática “Pracinha dos Valores”, desenvolvida com os alunos do 3º ano. Após a apresentação de um vídeo que valoriza a união de todos por um bem comum, foram realizados debates em sala de aula sobre os valores necessários para a boa convivência. Depois disso, os alunos confeccionaram bilhetes com palavras e frases de comportamentos que fazem bem à coletividade, expostos na praça da cidade para que a comunidade pudesse visualizá-los. Esse local foi chamado de “Pracinha dos valores”. O livro “Boas Práticas de Educação Cooperativa” foi lançado durante o 6º Encontro Estadual do Programa Cooperjovem, na semana passada, em Florianópolis. Na foto, as profissionais da escola acompanhadas da coordenadora do Cooperjovem na Cerbranorte, Vanessa Fernandes Schawnz.

Cooperjovem
A Cerbranorte é uma das primeiras cooperativas de infraestrutura no ramo de eletrificação do Estado de Santa Catarina a implantar o Programa Cooperjovem. O programa é realizado em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop/SC), com as Secretarias de Educação e escolas na área de atuação da cooperativa. O programa visa divulgar e difundir os princípios e a filosofia do cooperativismo. Além disso, visa colaborar com o trabalho das escolas na preparação dos jovens durante a formação de senso crítico, melhorando a sua participação efetiva na sociedade. Em Braço do Norte é realizado, nas escolas municipais Adolfo Wiggers e Atílio Ghisi, e em Rio Fortuna na Escola Municipal Professor José Boeing. Na foto, a ação Pracinha dos Valores é destaque no livro boas práticas.

Conae 2018
 Intervenções e sugestões de mudanças que garantam melhores benefícios – especialmente à formação, carreira, remuneração e condições de trabalho e saúde marcaram a Conferência Municipal de Educação em Rio Fortuna. Profissionais da área e estudantes participaram desta etapa para tratar sobre a realização da  3ª Conferência Nacional de Educação (Conae/2018), agendada para novembro. O principal objetivo é consolidar o Plano Nacional e organizar o sistema de ensino. Para isso, é necessário um processo de debate democrático com a participação efetiva de diversos segmentos. A etapa nacional será precedida de conferências municipais, distrital e estaduais, articuladas e coordenadas pelo Fórum Nacional de Educação (FNE).

Missões Populares 
 A Comissão da Paróquia São Marcos para as Santas Missões Populares se reuniu pela segunda vez para avaliar o período de encantamento e divulgação do projeto. A partir de agora, a equipe começa a mapear as comunidades da paróquia, ver as necessidades reais, as periferias existenciais e outras realidades a ser evangelizadas. Apesar da boa adesão inicial dos missionários, cerca de 100 inscritos, a comissão ainda pretende seguir com a motivação e divulgação das Santas Missões nas comunidades e com os convites individuais, afim de que mais leigos façam parte do projeto. A comissão ainda analisa a proposta de, no período das missões, realizar encontros com a classe empresarial, política, profissionais da educação e de outras áreas. Também foi sugerida a divulgação nas emissoras de rádio da região. 

Conselheiros tutelares
Até o próximo dia 20 segue o prazo de inscrições para a eleição suplementar do Conselho Tutelar em Rio Fortuna. A eleição, realizada por meio do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), ocorre em 10 de junho. Será aberta uma vaga para titular e cinco para suplentes. Para concorrer, é preciso comprovar, no ato da inscrição, idoneidade moral, idade superior a 21 anos, residir no município nos últimos 12 meses e conclusão do ensino médio. As inscrições podem ser feitas na prefeitura, das 7h30 às 12h30. Outras informações estão disponíveis no Edital no site http://www.riofortuna.sc.gov.br. Diversas são as atribuições de um conselheiro tutelar, no entanto, a principal delas é zelar pelos direitos das crianças e dos adolescentes. Os profissionais acompanham os menores em situação de risco e decidem, em conjunto, sobre qual medida de proteção para cada caso. Ou seja, um serviço público relevante para toda a sociedade.

Livros infantis  
Prefeitura de Santa Rosa de Lima investiu na aquisição de coleção de livros para os alunos do Centro de Educação Infantil Recanto Alegre. O conjunto é composto por 400 exemplares, que serão utilizados por crianças desde o berçário até o início da alfabetização. O principal objetivo é incentivar e criar o hábito da leitura entre as crianças. Vale ressaltar que a compra foi possível com os recursos próprios Secretaria de Educação e Desporto de Santa Rosa de Lima. A secretária da pasta, Schirlei Rodrigues, lembra que os pais têm papel fundamental para que as crianças criem hábito da leitura, colocado em risco por muitos fatores, como o uso crescente da tecnologia no dia a dia. Ler um livro ou contar uma história para os filhos, desde pequenos, ajuda no desempenho escolar e na formação de estudantes mais seguros e preparados.

Recursos federais
O prefeito de Santa Rosa de Lima, Salésio Wiemes, recebeu a confirmação de repasses de recursos federais ao município por meio de duas emendas parlamentares ao Orçamento da União. Ambas são no valor de R$ 200 mil. A primeira, do deputado Décio Lima (PT), é para custeios no setor de Saúde. A outra, do deputado Pedro Uczai (PT), são para aplicação na Agricultura. A prefeitura aguarda também a confirmação de outros repasses: R$ 65 mil da deputada Carmem Zanotto (PPS); R$ 100 mil do deputado Ronaldo Benedet (PMDB) e R$ 100 mil do deputado Marco Tebaldi (PSDB). Estes foram articulados em Brasília com o auxílio de vereadores.