Num momento de cooperação e integração com a escola, os pais dos alunos da Escola Municipal Professor José Boeing, em Rio Fortuna, participaram da construção de brinquedos ecológicos. O mutirão ocorreu na manhã do último sábado, e os pais convidados construíram três brinquedos com pneus: balanço, travessia e escalada, que irão favorecer o desenvolvimento de algumas habilidades das crianças, como equilíbrio, coordenação motora e concentração. Uma iniciativa valorosa para fortalecer os vínculos entre a família e comunidade escolar. A participação dos pais nas atividades que beneficiam seus filhos é essencial para a construção de valores. Todos os itens utilizados para a construção do parque foram doados pelos comerciantes, e os pneus foram revitalizados pelos servidores da unidade de ensino.  É um ato de cooperação, em que todos unem esforços em ações conjuntas que beneficiem a coletividade. Também mostra que não é preciso esperar o poder público investir recursos para que algo saia do papel. São simples atitudes em que cada um tem responsabilidade de fazer um município melhor. Maravilhoso!

Saúde bucal

Em Santa Rosa de Lima, a equipe da área de odontologia promoveu o Dia da Saúde Bucal, que contou com exposição de cartazes desenhados pelas crianças das séries iniciais do ensino fundamental sobre o tema e apresentação em vídeo de paródias de músicas populares, elaboradas pelos alunos das séries finais. A proposta teve a parceria dos professores e alunos das escolas municipais, objetivando trabalhar a importância da prevenção às cáries e outras doenças que atacam os dentes. Ao final da atividade, foi servido lanche à base de frutas frescas.

Audiência pública

Ocorre hoje, no Centro de Pastoral São Marcos, a audiência pública para colocar em votação a revisão do Plano Diretor de Rio Fortuna, bem como a nova proposta de expansão do perímetro urbano. A população é convocada a participar do evento, que começa às 19h. É fundamental a participação dos munícipes, visto que as mudanças são a base do planejamento urbano para os próximos anos na cidade. Em Florianópolis, devido à falta de participação popular, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) suspendeu o processo de revisão. Os ministros acolheram o voto do relator da ação, Sérgio Kukina. A participação dos moradores demonstra a preocupação com a cidade onde moram, porque as propostas de planejamento visam ao uso regular do solo, para evitar a ocupação desordenada e a especulação imobiliária em áreas de interesse social e ambiental. Participe! 

Caprichando a Morada

Já pensou em ter a oportunidade de melhorar a qualidade de vida, realizar benfeitorias na propriedade e ainda participar de projetos sociais, de uma vez só?  Essa é a premissa do projeto Caprichando a Morada, da Cresol, encerrado  na última sexta-feira, em um evento que reuniu associados de Rio Fortuna e da unidade de Grão-Pará, além de colaboradores, representantes das cooperativas da região e autoridades. Ao todo, 41 famílias se inscreveram para a quinta edição do Caprichando a Morada, sendo 14 associadas de Grão-Pará e 27 de Rio Fortuna. Dessas, 20 foram premiadas: seis em Grão-Pará e 14 em Rio Fortuna. Para definirem as mais bem colocadas, foram utilizados critérios como horta, pomar, jardim, produção de alimentos e a participação nas atividades do projeto. Parabéns!

Convênio com hospital
Um convênio no valor de R$ 56 mil com o município de Rio Fortuna, por meio da secretaria municipal de Saúde, foi assinado na última sexta-feira, beneficiando a Fundação Médico Social Rural de Rio Fortuna. A assinatura foi celebrada entre o prefeito Lindomar Ballmann e o presidente do hospital, Volnei Exterkoetter, com a presença do presidente da Câmara de Vereadores, Silvio Heidemann, servidores da administração municipal e o diretor do hospital, Valdir Hemkemeier. O recurso será utilizado na manutenção do serviço de pronto atendimento 24 horas, sobreaviso médico ambulatorial e procedimento médico hospitalar. Ressalta-se que o repasse foi possível com a devolução de recursos do Legislativo e será destinado em parcela única.

E mais
Refis 2017

Os contribuintes que estão em débito com a prefeitura de Rio Fortuna têm uma única e exclusiva oportunidade de regularizar sua situação, antes de as dívidas serem executadas através de protesto em cartório. Foi sancionada a lei que institui o Programa de Recuperação Fiscal de Rio Fortuna (Refis-RF), que garante benefícios como parcelamento e redução de juros e multas. Os interessados, pessoa física ou jurídica, podem aderir ao programa mediante requerimento no setor de Tributação da prefeitura de Rio Fortuna até a data máxima e improrrogável de 28 de fevereiro de 2018. Atualmente a  dívida ativa do município é de aproximadamente R$ 1 milhão, recursos que poderiam estar sendo utilizados em investimentos e melhorias nos setores públicos.

Kits de artesanato
Assim como Rio Fortuna, o município vizinho de Santa Rosa de Lima entregou aos clubes de mães kits de material para artesanato. A distribuição foi feita de maneira gradativa a cada grupo no decorrer do mês de outubro e contou com a participação da mulher do prefeito Salésio Wiemes, a primeira-dama Maria Ivone Hermesmeyer, a mulher do vice-prefeito Alfonso Kulkamp, Valdete Vandresen, e o secretário de Juventude, Turismo e Cultura, Ricardo Eller. Foram distribuídos aproximadamente 150 kits de artesanato. 

Alimentos
A Apae de Rio Fortuna é uma das entidades contempladas com a doação de alimentos arrecadados durante o Festival Regional da Terceira Idade, organizado pela FM3 Líder em Comunicação, em Braço do Norte. Cerca de 40 quilos de alimentos não-perecíveis foram entregues à entidade na última semana, com a presença do Grupo da 3º Idade de Rio Fortuna, que participou do evento e contribuiu com a ação. A diretora da Apae, Angela Maria Nack Cândido, reforçou que todas as doações são bem-vindas, dada a demanda de despesas com a manutenção da estrutura e serviços. Atualmente a Apae do município atende 44 pessoas, sendo 11 de Santa Rosa de Lima.