Dia 28 de setembro é comemorado o Dia Mundial Contra a Raiva, uma doença grave que atinge os animais e os seres humanos e pode matar rapidamente. Trata-de de uma campanha internacional e é uma iniciativa da Aliança para o Controle da Raiva (entidade não-governamental com sede na Escócia, que tem por finalidade empreender campanhas por todo o mundo com o intuito de incentivar o combate à doença), com o apoio da Organização Mundial de Saúde. É ainda uma homenagem a Louis Pasteur, que desenvolveu a primeira vacina eficaz contra a raiva e faleceu em 28 de setembro. A data foi comemorada pela primeira vez em 2007.

A raiva é uma zoonose infecciosa aguda causada por um vírus e compromete o sistema nervoso central. De acordo com Daniela Baccarin, médica veterinária e gerente de Produtos da unidade Pet da MSD Saúde Animal, “os cães e gatos podem contrair a doença pelo contato com ratos ou morcegos e, uma vez infectados, podem facilmente transmiti-la aos humanos pela saliva e até por arranhões, sendo a mordida a forma mais comum de transmissão”.

A doença não tem cura e pode levar a vítima – animal ou humano – ao óbito em menos de sete dias. “Nos animais, provoca comportamento agressivo, dilatação das pupilas, hipersalivação, dificuldade para engolir, irritação, alteração na forma de andar natural, contrações musculares faciais e paralisia dos membros”, explica Daniela.

Por não existir tratamento, a prevenção é a única maneira de combater a raiva, e ela é feita por meio da vacinação periódica. A médica veterinária orienta: “A recomendação é que os animais sejam vacinados anualmente contra a doença, a partir do quarto mês de vida, e que estejam saudáveis ao serem vacinados, para que a imunização seja efetiva”.

O Brasil apresenta índices reduzidos da doença, graças às ações de conscientização da população sobre a importância da prevenção, ao controle dos transmissores, à vacinação, à vigilância epidemiológica e aos procedimentos de defesa sanitária. Ainda assim, é importante ter cuidado em locais que podem abrigar ratos, morcegos e outros animais infectados que, por consequência, podem transmitir a raiva, como nas zonas rurais, por exemplo.

É muito importante que os proprietários de pets mantenham visitas regulares ao médico veterinário e a vacinação em dia e, caso observem algum comportamento diferente nos animais, consultem o especialista de sua confiança.

Dica
Se você puder colocar água e ração a um cão de rua, faça. É uma iniciativa que infelizmente poucos têm, mas que salva a vidinha destes anjos de quatro patas. Com os dias mais frios que estamos tendo as Ongs precisam de doações de caminhas, casinhas, cobertores e ração, pois nossos peludos também sentem sede e fome. Acolher quem necessita é um ato de amor. Vamos fazer uma corrente do bem e ajudar estes seres que transformam nossas vidas.

Participe!
Se você, assim como eu, adora o seu “aumigo” e quer vê-lo aqui como nosso destaque, mande um email para: a_crris@hotmail.com. Sigam-nos no Instagram @pipaminhavidadecao, Facebook www.facebook.com/minhavidadecao e Snap Minhavidadecao.

Life by Vivara lança novos pingentes pets
A Coleção Pets da Life by Vivara ganha novidades após o sucesso dos pingentes de cães e gatos. São dez novos modelos, com destaque para o cachorro “vira-latinha”, que terá parte da sua venda revertida para a ONG AMPARA Animal, que auxilia abrigos e protetores de animais.

Outra grande novidade é o pingente Jimmy The Bull, o cachorro Bull Terrier mais querido das redes sociais. O desenho do pingente é assinado pelo publicitário Rafael Mantesso, conhecido pelos seus desenhos no Instagram com o cachorro Jimmy.

Além do Bull Terrier, as raças Buldogue Inglês, Lulu da Pomerânia, Schnauzer, Pug, Yorkshire, entre outros cães, ganham pingentes especiais.

Os gatinhos também ganham novos pingentes com os lançamentos Gato Vira Lata e Gato Persa. Os novos modelos da Coleção Pets já estão disponíveis em todas as lojas e no e-commerce (www.vivara.com.br) da joalheria, com preços que variam entre R$ 110 e R$ 180 por pingente.

Foto 1

Foto 2

foto 3

foto 4

foto 5

Destaque da semana
Aumigos, o destaque desta semana é a Luna, uma Ihasa apso de apenas onze meses de vida. Seus papais, Franciele Sipriano de Souza e Elton Eduardo Chaves, são proprietários do estúdio Feroiz Tatoo e Piercing e me contaram que Luna adora morder e brincar de bolinha. É também muito doce e carinhosa. Que família mais fofa.

Foto 001