Além da vacinação, dar vermífugos aos pets é fundamental para mantê-los sempre saudáveis.
A vermifugação é muito importante para garantir a saúde dos pets. Afinal, a medicação protege os bichinhos de doenças e complicações graves causadas pelos vermes. Por isso, todas as pessoas que decidiram comprar ou adotar um cachorro devem levá-lo a um veterinário que o examinará e prescreverá o medicamento mais indicado.

O diagnóstico das verminoses é feito por meio de exames de sangue e de fezes. “A prevenção é feita com doses de vermífugos que devem ser indicados pelo veterinário, de acordo com o tipo de verme e o peso do animal. Para os filhotes, a medicação geralmente é administrada em conjunto com as primeiras vacinas dos pets”, explica o médico veterinário da Virbac, Ricardo Cabral.

Alguns cães podem nascer com vermes que são transmitidos pela placenta ou pelo leite materno. Nos animais adultos, a infecção pode acontecer por via oral ou cutânea e geralmente, não são observados sinais clínicos. Alguns podem esfregar o ânus no chão (prurido anal), ter diarreia, apresentar pelos opacos e indisposição para brincar ou passear. Mas, a grande maioria dos parasitas é assintomátics, o que reforça a necessidade de levar, pelo menos uma vez por ano, o cão até um consultório veterinário.

Os cães que andam na rua, frequentam parques e lambem tudo que veem pela frente correm mais riscos de contaminação. Os vermes podem se alojar em diferentes partes do organismo como coração estômago, rins, pulmões, esôfago, olho, intestino, fígado e até mesmo no cérebro do hospedeiro. Quando isso acontece, podem provocar sérias lesões no órgão.

O controle do ambiente é a principal medida de prevenção. Por isso, os tutores devem cuidar sempre da remoção de fezes, evitar que o animal faça as necessidades em local fechado e que não bata sol. É que a umidade favorece a sobrevivência das larvas e ajuda os vermes a crescer. Se o pet ficar em creches, é muito importante verificar a higienização do local.

Tratamento: A Virbac possui entre sua linha de produtos, o Endogard, medicamento recomendado para controlar e tratar a giárdia, o verme do coração e vermes intestinais. No caso da giárdia, o tutor deve dar um comprimido a cada 24 horas por três dias consecutivos. Já para o caso de outros parasitas, deve ser administrada uma dose única que deve ser repetida após 15 ou 21 dias, dependendo de cada caso. Um melhor nível de proteção contra parasitas internos pode ser obtido ao se administrar uma dose do medicamento a cada mês em todos os cães presentes no ambiente, desde duas semanas de idade.

Dica

Com os dias mais frios que estamos tendo, as ONGs precisam de doações de caminhas, casinhas, cobertores e ração, pois nossos peludos também sentem frio, sede e fome. Acolher quem necessita é um ato de amor. Vamos fazer uma corrente do bem e ajudar estes seres que transformam nossas vidas.

Participe!
Se você, assim como eu, adora o seu aumigo e quer vê-lo aqui como nosso destaque, mande um e-mail para: a_crris@hotmail.com. Sigam-nos no Instagram @pipaminhavidadecao, Facebook www.facebook.com/minhavidadecao.