Pets: 5 cuidados especiais com os cães no verão - Foto: Divulgação/Notisul
Pets: 5 cuidados especiais com os cães no verão - Foto: Divulgação/Notisul

O período mais quente do ano exige atenção redobrada com os animais de estimação. Além de cuidados específicos com hidratação e exposição solar, é importante ficar atento à infestação por pulgas e carrapatos.

Com a chegada do Verão é preciso muita atenção com a saúde dos cães. Além de alguns cuidados específicos, como hidratação constante, é importante alterar a rotina diária dos animais para adequá-la ao clima, evitando excesso de atividades e exposição solar nas horas mais quentes do dia.

“O corpo dos cães faz troca de calor apenas por meio das regiões das almofadas das patas, do focinho e da boca. Por isso, quando muito expostos às altas temperaturas acabam ficando ofegantes e cansados”, explica Ricardo Cabral, veterinário da Virbac, empresa multinacional francesa dedicada exclusivamente à saúde animal.

Os pets com pelagem mais longa sofrem mais e, por essa razão, é importante tosá-los. Os cães de focinho curto também merecem atenção, pois podem apresentar dificuldade na respiração neste período do ano.

Essa época também favorece a infestação por pulgas e carrapatos. Além do clima mais propício, nesse período os tutores levam os cães para passear com maior frequência, o que também é um risco de contaminação. “Noventa e cinco por cento das pulgas estão no ambiente, nas formas de ovos, larvas e pupas. Assim, quando vão a praças, parques e petshops, os animais entram em contato com o parasita”, alerta Cabral, que dá cinco dicas de como cuidar dos pets durante o Verão.

1- Deixe sempre água fresca à disposição para os cães beberem e faça trocas frequentes;
2- Evite levar os animais para passear nos períodos mais quentes do dia. Além de ser mais confortável, isso previne que eles queimem as patas;
3- Aplique protetor solar veterinário nas áreas expostas dos cães antes de sair, principalmente naqueles de pelagem mais clara;
4- Mantenha os banhos regulares. Apesar do tempo quente, o ideal é um a cada sete ou 15 dias, dependendo da frequência de passeios e local onde o animal vive. Banhos em excesso podem causar ressecamento da pele e possibilitar a ocorrência de doenças alérgicas, por exemplo;
5- Previna pulgas e carrapatos administrando produtos antiparasitários nos cães. A Virbac conta em sua linha antiparasitária com o Effipro e com o Defendog, ambos indicados para prevenção destas infestações.

Dica
Se você puder colocar água e ração a um cão de rua, faça. É uma iniciativa que infelizmente poucos têm, mas que salva a vidinha destes anjos de quatro patas. Com os dias superquentes que estamos tendo, as ONGs precisam de doações de casinhas, ração e água filtrada. Nossos peludos também sentem sede e fome. Acolher quem necessita é um ato de amor. Vamos fazer uma corrente do bem e ajudar estes seres que transformam nossas vidas.

Participe!
Se você, assim como eu, adora o seu aumigo e quer vê-lo aqui como nosso destaque, mande um e-mail para: a_crris@hotmail.com. Sigam-nos no Instagram @pipaminhavidadecao, Facebook www.facebook.com/minhavidadecao e Snap Minhavidadecao.