Foto 1

Em uma das épocas mais gostosas do ano, a Páscoa, não podemos nos render às carinhas pidonas dos nossos pets. Não fraqueje à tentação e de dar chocolate ao cãozinho. Segundo especialistas, o que pode parecer um agrado inocente, na verdade oferece riscos à saúde dos pets, já que pequenas quantidades do doce já podem ser perigosas.

O chocolate parece ser inofensivo, mas em grande quantidade pode até intoxicar os cães. Por isso, com a proximidade do feriado, é preciso saber onde guardar os ovos de chocolate, deixando fora do alcance dos animais, e também evitar oferecer o doce. A veterinária Fabiana Zerbini, da Virbac do Brasil, explica quais as consequências deste ato e os cuidados a serem tomados.

“Os chocolates possuem principalmente duas substâncias responsáveis pela intoxicação: a teobromina e a cafeína. Quanto mais escuro (amargo) o chocolate, maior a quantidade dessas substâncias e, portanto, maior a chance de intoxicação”, afirma Fabiana.

A veterinária ainda explica que as manifestações clínicas podem ocorrer em até 12 horas após a ingestão e podem variar de leves, como diarreia e vômito, à graves como arritmias cardíacas e insuficiência respiratória, podendo levar até à morte, dependendo do tamanho e da raça do animal e também da quantidade consumida. Por isso, o melhor é afastar ao máximo o cão desse alimento. E caso ocorra a ingestão do doce, a melhor alternativa é levar ao veterinário o quanto antes. “Estudos demonstram que a ingestão de quantidades iguais ou superiores a 63 gramas de chocolate para cada quilograma de peso do animal é potencialmente letal. Portanto, se o cachorro tiver 10 kg, por exemplo, a ingestão de 630 gramas ou mais é algo extremamente perigoso”, explica Fabiana.

Como alternativa, já existem no mercado produtos que imitam o chocolate, uma opção mais segura e saudável para os pets. Mesmo porque o consumo de chocolate, bem como de outros alimentos com alto teor de açúcar, além da intoxicação, predispõe os cachorros à obesidade, diabetes, cáries e outros problemas dentários.

Foto 2 b

Ajude a manter essas vidas
Infelizmente, a velocidade para doar cães e gatos não é a mesma das contas vencendo, então, venho aqui para pedir a ajuda de vocês. A Ivania é uma cuidadora muito dedicada e empenhada pelos seus aumigos. Ela precisa de 80 pessoas para apadrinhar um aumigo com o valor de R$ 50,00 mensais até que o afilhado ou afilhada seja doado ou vire estrelinha. Precisa também de doação de ração. Nos álbuns dela, no Facebook, há fotos de quase todos eles e você pode escolher o seu afilhado. Sem ajuda, ela não consegue dar uma vida digna para os bichinhos. Entre em contato com a Ivania pelo WhatsApp: (48) 99996-3059 ou via Facebook: Ivania Beatriz Pires Camargo. Ou efetue um depósito na Caixa, agência 0410, operação 013, conta número 15936-1. Unidos somos mais!

Participe!
Se você, assim como eu, adora o seu aumigo e quer vê-lo aqui como nosso destaque, mande um e-mail para: a_crris@hotmail.com. Sigam-nos no Instagram @pipaminhavidadecao, Facebook www.facebook.com/minhavidadecao e Snap Minhavidadecao.

Dicas
Se você puder colocar água e ração a um cão de rua, faça. É uma iniciativa que infelizmente poucos têm, mas que salva a vidinha destes anjos de quatro patas. As ONGs precisam de doações de caminhas, casinhas e ração. Pois nossos peludos também sentem sede e fome. Acolher quem necessita é um ato de amor. Vamos fazer uma corrente do bem e ajudar estes seres que transformam nossas vidas.

Foto 001

Aumigos, para adoção temos o Tobi, um menino lindo de apenas 2 meses. Ele já está vacinado e é muito dócil e brincalhão. Quem quiser adotar esta fofura pode entrar em contato com a Gi por meio do telefone (48) 99991-8342.

Foto 002

Pessoal, ainda para adoção temos essas três meninas. São dóceis e muito carinhosas, serão de porte pequeno. Quem puder adotar essas fofuras pode entrar em contato com a Leticia por meio do telefone (48) 99926-9466.