Diversas pesquisas e estudos relacionados ao ambiente corporativo comprovam que a presença de animais domésticos nos locais de trabalho auxilia na interação dos funcionários e na produtividade e motivação das equipes. Como forma de integrar ainda mais os cerca de 150 funcionários, o Mineirão adotou uma mascote: a cadelinha vira-lata Ginga.

A nova “funcionária” do Gigante da Pampulha, de três meses, chegou há apenas algumas semanas e um maior entrosamento entre equipes já é visível no dia a dia do estádio. Muitos funcionários passaram a conversar sobre a mascote e dessa forma criar uma conexão inusitada e um sentimento de que faziam parte de uma equipe. As conversas no Mineirão agora vão muito além do que é discutido e planejado na intensa rotina de trabalho em um estádio do porte do Gigante da Pampulha. “Acreditamos que essa iniciativa demonstra a vocação da empresa em inovar também quando o assunto é o bem-estar dos funcionários”, ressalta a gerente de Relações Institucionais do Mineirão, Ludmila Ximenes.

Por meio de uma ação incentivada pelo Setor de Comunicação do Mineirão, os funcionários do estádio tiveram papel fundamental também na escolha do nome da cadelinha. Em uma votação democrática, o nome Ginga despontou como o preferido em meio a outras opções, como Caneta, “Dibra” e Lambreta (expressões típicas do futebol) além de outras relacionadas ao mineirês e ao próprio estádio.

Os funcionários interessados também se candidataram para serem voluntários e auxiliar nos cuidados na rotina da Ginga, como passeios na Esplanada do estádio, trocar a água e a ração, além dos momentos de descontração, como brincadeiras e corridas. Como os animais de estimação requerem uma atenção especial de profissionais da área, um adestrador visita periodicamente o estádio passando orientações e treinamentos, que são acompanhados pelos funcionários voluntários.

Alinhada com a campanha de Comunicação do estádio, “Somos Feitos das Mesmas Emoções”, a iniciativa da adoção de uma mascote despertou o espírito de equipe e a amizade entre os colaboradores. Eles desempenham, juntos, funções em prol de um mesmo objetivo: cuidar da mais nova integrante da equipe do Mineirão. “Estamos atentos as necessidade de integrar os funcionários, ainda mais em uma empresa com o porte da nossa, em que pessoas dos mais diversos perfis e profissões convivem diariamente em uma rotina intensa. A chegada da Ginga torna o ambiente ainda melhor, os cachorros naturalmente inspiram conceitos que já estão muito repetidos nos ambientes de trabalho, como cooperação e colaboração..”, disse Ximenes.

A gerente lembra também que o Mineirão tem um histórico recente que transforma o estádio em um local pet friendly. “A Esplanada recebe diariamente muitos cachorros acompanhados de seus donos. Além disso, promovemos feiras de adoção nos finais de semana. Em dias de jogos, também é possível vir com o seu cachorro: o Mineirão foi o primeiro estádio do país a ter um espaço dedicado aos animais de estimação, a Arcãobancada”, finaliza.

Foto 1

Novidade no mercado
A fabricante de pet food Total Alimentos trouxe novos produtos e nova comunicação para a família Max Premium Especial. Além das embalagens com visual mais moderno e com produtos de diversos sabores para todos os gostos, a marca lançou duas novas linhas para cães: Max Professional Line, livre de corantes e aromatizantes artificiais e a Max Soft Croc, sucessora da linha K&S e que herda sua alta palatabilidade e dupla textura: macia e crocante.

Lançamento
Os cães, em seu estado natural, consomem quase exclusivamente carne e não precisam de um alto nível de carboidratos. Seguindo essa filosofia, a Farmina desenvolveu uma linha inovadora: a Natural & Delicious Pumpkin. Um alimento sem grãos e com uma gama completa de ingredientes animais em alta porcentagem (mais de 60% de Frango e Cordeiro como fonte de proteínas) e com abóbora, vegetal e com excelentes propriedades nutricionais. Por que abóbora? Porque é um vegetal típico e tradicional na culinária italiana e que tem muitas e exclusivas propriedades nutricionais benéficas, como por exemplo, antidiabético: possui um baixo índice glicêmico; fonte de betacaroteno (vitamina A) e outros antioxidantes naturais; Dá suporte ao sistema imunológico; ativo contra os radicais livres resultando, também, em um efeito anticancerígeno; promove a proteção do sistema cardiovascular; regula a mobilidade e a flora intestinal; efeito anti-inflamatório.

Foto 2

Dicas
Se você puder colocar água e ração a um cão de rua, faça. É uma iniciativa que infelizmente poucos têm, mas que salva a vidinha destes anjos de quatro patas. No inverno, as ONGs precisam de doações de cobertores, roupas e casinhas, pois nossos peludos também sentem muito frio. Se você puder acolher um aumigo de rua, coloque um cobertor na sua garagem. Acolher quem necessita é um ato de amor. Vamos fazer uma corrente do bem e ajudar estes seres que transformam nossas vidas.

Participe!
Se você, assim como eu, adora o seu aumigo e quer vê-lo aqui como nosso destaque, mande um email para: a_crris@hotmail.com. Sigam-nos no Instagram @pipaminhavidadecao, Facebook www.facebook.com/minhavidadecao e Snap Minhavidadecao.

Foto 001

Aumigos, para adoção temos a Kirra, uma vira-latinha muito fofo. É um lady dentro de casa, supercarinhosa e dócil, já na rua ama brincar e correr. Já está vacinada e castrada. Quem quiser adotar esta linda pode entrar em contato com a Gleucia pelo telefone (48) 99147-0799.