#Pracegover Na foto, a imagem do planeta urano
Foto: Banco de imagens Pixabay

Está dada a largada para nossa reconstrução. Ainda nos falta compreensão do tamanho da mudança estrutural que Urano se opondo ao Sol em Aquário nos revela e o que isso significa exatamente.

Se quisermos considerar alguma hipótese de melhor futuro, seremos obrigados a cavar as respostas por nossa própria conta e risco, sabendo diferenciar a crença do conhecimento, fantasia da realidade, isso psicologicamente falando. (… porque a loucura está toda dentro da cabeça).

Não podemos mais buscar nada no passado. Nosso passado exala o cheiro da morte e do sangue dos conflitos de território, por isso, sem condições de nos fornecer respostas frente aos novos desafios desse novo tempo.

Não é mais um binário. A regra de três agora é composta. Há um novo elemento na equação, você. Eu e você somos os limites da existência perceptível e vice-versa. A vida que ocorre neste espaço precisa de garantias, não de medo e ameaças. A consciência nos engloba, já o intelecto quer a vantagem, por isso explora, está sempre disposto a pagar qualquer preço por isso.

A pandemia nos sitia, limita, mas também ensina, abre inéditas possibilidades.
Confinados, somos obrigados a buscar outras formas de interação e de comunicação, a partir de um outro ponto, inclusive o de vista do outro. Nisso, nós ainda temos muito o que melhorar, mas assim alcançaremos a cura. A cura dos maus tratos sofridos e impostos por gerações.

É tarde, mas não para aprender com o que deu errado. O tradicional, as velhas tábuas e a hipocrisia toda, não salvaram ninguém e nem, salvarão. Eles próprios, não tem uma direção para seguir, uma saída para essa situação, onde convicta e orgulhosamente nos enredamos.

Por ironia do destino, é justamente nas mãos do nebuloso Netuno, que estão as chaves para sairmos da prisão da falta de imaginação, do fisco do cognitivo, que hoje delimita o tamanho e o espaço psíquico da minha e de milhões de outras vidas.

Estamos sendo nivelados por baixo, pelo medo. Reféns e incapazes de defendermo-nos. O país não tem lógica e só sairá desse infortúnio quando adquirir uma. É no desconhecido, no imaginário que se guardam as possibilidades de fazer diferente e de mudar as coisas. Netuno nos ajuda a romper essa barreira e a voltar sãos e salvos para casa.

De qualquer forma, pode ser a chance de voltar sabendo o que existe do lado de lá, ou se o lado de lá é tudo que existe.

Mente e consciência, um preocupa-se apenas com resultados e assim acabamos com um planeta, o outro com as causas. Erramos porque escolhemos apenas um, perdendo o sentido que o outro guarda, quando, na verdade, deveríamos ser todos em um, mente e consciência.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul