A ignorância é a mãe de todas as crises. Neste período deveremos passar por uma espécie de purificação de nossas mentes.

A entrada de Marte no signo de Áries deve servir muito bem para ilustrar isso. Estar atento às reais necessidades das pessoas, pode ser o melhor fator de lucro e ascenso, neste mundo escorregando ladeira abaixo.

Vem aí um período de exacerbação emocional. O modelo tem que fracassar total e completamente para nos darmos conta de que existe um novo. Esse novo, tem também novas regras, nova ética e um outro propósito, coisa que o atual, encontra-se esvaziado.

As opções são “quase duas”, primeira, ou adotamos uma medicina paliativa para um paciente moribundo ou, fazer tudo isso, para evitar que sejamos nós mesmos esse paciente.

O compasso de verdades tão duras quanto essas, encontra-se no tempo certo de serem ditas, isto porque Júpiter também está em Áries, e aí “Arthurzinho”, está na hora de você crescer…

Então não há futuro, apenas repetição?

Sim e não. O caos pode ser a chance de aprendermos a fazer diferente sendo original. Devemos dar mais crédito a nossa própria capacidade de elucidação.

A conjunção de Netuno com Marte vai ativar muito o nosso lado espiritual.

Pelo lado negativo disso, podemos ter muitos conflitos envolvendo religiosidade e crenças.

Há também a quadratura de Vênus e Plutão, determinante de que não passaremos por este período sem aumentar a discussão sobre sexualidade, que

na forma mais evoluída deve advir na discussão sobre os direitos do indivíduo a respeito de seu próprio corpo e, na forma negativa, pode significar perseguição a minorias de diferentes opções sexuais.

Do lado positivo, o bom aspecto do Sol com Júpiter, pode indicar mudança de comportamento na população.

O Sol é a consciência e Júpiter ajuda a expandir.

Entre em nosso canal do Telegram e receba informações diárias, inclusive aos finais de semana. Acesse o link e fique por dentro: https://t.me/portalnotisul