Ultimo dia do mês de outubro, ocorreu mais uma reunião do COPOM, Comitê de Politicas Monetárias, e a taxa básica de juros, famosa taxa Selic, foi mantida a 6,5% mais uma vez (Glória a Deuxx). Foi a quinta vez seguida que a taxa de juros é mantida. A expectativa do mercado é que os juros permanecem estáveis até o final do ano.

Não tenho como não lembrar do meme que vi um dia antes, usando uma foto de Ilam Goldfajn, presidente do banco central do Brasil, com a legenda “se eu mantiver a Selic baixa em 2019, promete que tira o dinheiro da poupança?”

Não se trata de implicância com a velha caderneta. Para entender, acompanhe o raciocínio abaixo:
Quando a taxa Selic está igual ou abaixo de 8,5% ao ano, a poupança rende 70% da Selic mais TR (TR é uma taxinha tão insignificante que talvez a sigla signifique “taxa ridícula”, ou seja, ignore-a). Com Selic a 6,5% ao ano, a poupança paga 4,55% ao ano. Achou pouco? Então senta que vou explicar o pior da história.

Esses míseros 4,55% ao ano é o rendimento nominal. Ocorre que existe a tal da inflação que vai corroendo o seu poder de compra, pois as coisas vão ficando mais caras. Para calcular o rendimento real do seu investimento, pega-se o rendimento nominal e diminui-se a inflação anual. A inflação anual está 4,53%, se a poupança paga 4,55% ao ano, você está tendo um rendimento real de 0,2% ao ano.

Incrivelmente 89% dos brasileiros ainda tem dinheiro na poupança.

Quando sua realidade sugira que é mais prudente ter sua reserva de emergência acessível instantaneamente, inclusive durante finais de semana, deixe na poupança. Mas entenda que caderneta de poupança é meramente um alocador de dinheiro, não um investimento. O único beneficio da caderneta em relação a guardar dinheiro embaixo do colchão é a segurança de não ser roubado e de as baratas não comerem as cédulas, de resto é a mesma coisa.

 Por esse motivo, dinheiro além das reservas sempre deve ser aplicado. Não se iluda com a aparente “pouca diferença percentual” em relação ao outro investimento (ou ao investimento de verdade). Há quem pense “ahh são só 2% a mais por ano”. Faça as contas de quanto isso significa em um prazo maior. Dinheiro parado é dinheiro perdido. O valor na poupança, meramente guardado, renderia se você tivesse aplicado.

Para quem morre de medo de sair da poupança e acha tudo muito complexo, pesquise um pouco sobre títulos públicos, que tem sido a porta de entrada para o mundo dos investimentos. Há diferentes tipos de títulos, mas é bastante simples a compreensão. O site do tesouro direto é bastante amigável e instrutivo, e você pode investir a partir de 30 reais, preço de um lanchão de final de semana). Se quiser mais detalhes, no meu canal tem vídeo explicando sobre.
Pesquise, informe-se e, sempre que precisar, me escreva.

YouTube: Juro que da certo
facebook.com/juroquedacerto
Instagram: camila.scussel

Observação: Não perca o vídeo da próxima semana, em que tratarei especificamente de dicas práticas de economia de gastos e de trabalho alternativos para desempregados ou para pessoas que pretendem aumentar a renda.