Sabe aquelas promessas de ano-novo que você fez em 2017 e não cumpriu? Será que não está cometendo o mesmo erro em 2018? Refiro-me ao fato de prometer coisas em longo prazo ou até mesmo atos irrealizáveis. Claro que todos temos o direito de sonhar, querer a diferença para o melhor em nossos vidas. Mas aprendi que nossos sonhos se concretizam assim: um passo de cada vez, um dia de cada vez, aproveitando cada oportunidade diária que pode não se repetir. Você é o responsável por suas escolhas acertadas ou erradas. E isto faz toda a diferença quando se pensa em um ano que desejamos ser de bênçãos. Em outras palavras: semeie desde hoje para colher em todos os dias de 2018. Feliz Ano-Novo!