Não adianta ter dinheiro se você não tem valores. Não adianta não ter brinco se te falta respeito pelo outro. Não adianta não ter tatuagem nenhuma se você tem desonestidade de sobra. O importante mesmo não é a capa, mas o que está dentro.
E acredite: você jamais entenderá o que existe dentro do outro. Sinto-lhe dizer isso também. Você não sabe o que o outro passou e sentiu ou sente para ter feito as escolhas que fez. Você não sabe se faria da mesma forma ou pior ou melhor, sem antes passar ou ter passado pela mesma situação. É muito fácil comprar o ingresso, sentar na plateia e emitir opinião. Difícil é continuar honrando tudo aquilo que você critica quando estiver do outro lado. (Aleteia)