1 – Pacificar a alma: O Advento é “um tempo para nos prepararmos para esta vinda do Príncipe da paz. É um tempo para nos pacificarmos”. Muitas vezes, “nós não estamos em paz, mas ansiosos, angustiados, sem esperança“. E a pergunta que o Senhor nos faz é: “Como está a sua alma hoje? Está em paz?”. Se não estiver, peçamos ao Príncipe da paz que a pacifique e a prepare para o encontro com Ele. Nós “estamos acostumados a olhar para a alma dos outros”, mas Francisco lança o convite: “Olhe para a sua própria alma”.