Ao recordar os acontecimentos do seu dia, peça perdão a Deus por tudo aquilo que você pensou, disse, fez ou deixou de fazer, que não tenha sido conforme a vontade e misericórdia divinas; por tudo aquilo que não foi inspirado pelo seu amor, e sim pelo seu egoísmo, ira, rancor, injustiça, intolerância.
Em seu diálogo com Deus, sinta-se à vontade para pedir, perguntar, contar suas coisas como você contaria a um grande amigo. Ele o escuta sempre, não o julga, não o condena. Pode abrir seu coração! (Fontes Novas).