A fé é luz. Deus chega ao coração do ser humano para levar luz. “Eu sou a luz, e vim ao mundo para que todo aquele que crê em mim não permaneça nas trevas” (João 12, 46).  A Revelação busca o homem em seu próprio ambiente, acompanha-o nas profundezas do seu interior, que muitas vezes ele sela por temor de ser vulnerável. Deus quis assumir a vida humana para fazer o homem sentir sua proximidade. O Verbo se fez carne, sujou-se, tocou todas as situações que o ser humano vive, recordando-lhe que a natureza humana não pode prescindir de amar e confiar. Amar, de fato, significa confiar, porque a vida é um contínuo ato de fé. Um bebê, quando nasce, não pode fazer nada, a não ser confiar em seus pais. (Credere).