4 – Quando falta a confiança, esperar em Deus
Talvez desconfiemos porque ainda não tenhamos experimentado essa ação da Providência Divina com toda a sua força ou porque provavelmente tenhamos esquecido como o Pai nos ama. Quanto a isso só há um remédio: fazer a experiência de confiar novamente em Deus e dar espaço para que Ele manifeste a força do seu poder. “Deus nos dá na medida em que esperamos dEle”, dizia São Francisco de Sales. Deus é bom e poderoso para utilizar a nosso favor todo o sofrimento, por absurdo e inútil que pareça. Somos convidados, como cristãos, a “esperar contra toda esperança” (Rm4,18) e a seguir avançando com o olhar fixo em Deus, que nos dará a força para superar este momento: “Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, a angústia, a fome, a nudez, os perigos, a espada? […] em tudo isto somos mais que vencedores, graças àquele que nos amou. ” (Rm 8, 35.37) “Deus coopera em tudo para o bem daqueles que o amam” (Rm8,28) (Movimento de vida Cristã)