A liturgia deste dia recorda os Santos Inocentes. São as crianças que moravam em Belém e que foram mortas por Herodes, querendo assegurar-se da morte do menino Deus. Ainda hoje este gesto se repete quando, pelos mais diversos motivos, legitima-se a morte de vidas inocentes de crianças ainda no ventre materno. Ou quando, por descaso ou omissão, negligenciamos o cuidado para com os mais pequeninos e frágeis da sociedade. Sempre podemos fazer algo para ser uma resposta à tamanha chaga. Apoie entidades que trabalham com crianças e menores de rua. A chaga de Herodoes não há de se repetir em nosso meio.