Neste final de semana costuma-se fazer a benção das velas e da garganta em nossas celebrações, por ser o dia de São Braz e o dia da festa da Apresentação do Senhor. Uma festa bem antiga e já houve tempo em que era celebrada em 14 de fevereiro, quarenta dias após a festa da Epifania (manifestação aos magos). Também já foi considerada como festa mariana, com o nome de “Purificação da Bem-aventurada Virgem Maria”. Mas, a partir das recentes reformas litúrgicas o nome da festa foi mudado para ‘Apresentação do Senhor’ e ela passou a ser celebrada quarenta dias depois do Natal. O novo título e data da celebração são uma indicação mais correta da natureza e do objeto dessa festa, visto que nesse dia a Igreja celebra um aspecto importante do mistério salvífico e não simplesmente um acontecimento da infância de Jesus.