O evangelho de hoje nos conta: “Com efeito, Jesus tinha curado muitas pessoas, e todos os que sofriam de algum mal jogavam-se sobre ele para tocá-lo. Vendo Jesus, os espíritos maus caíam a seus pés, gritando: “Tu és o Filho de Deus!”. Mas Jesus ordenava severamente para não dizerem quem ele era”. A obra do Salvador é completa. Ele é o mesmo ontem, hoje e sempre. Milagres acontecem na igreja porque o Senhor prometeu que estaria onde dois ou três estivessem reunidos em seu nome. Só não entende que não quer ou que tem uma fé vacilante.