Jesus vivia perseguido! Sua vida não se compunha apenas de belos sermões, seguidos de milagres grandiosos, acompanhados pela multidão extasiada… Jesus era frequentemente vigiado pelos seus inimigos, por aqueles que se sentiam incomodados com a sua presença. Aqueles que até então eram os mandachuvas da religião, agora sentiam o seu poder abalado, sua zona de conforto balanceada pelas verdades ditas pela boca do Mestre que não tinha o menor medo de proclamar as verdades do céu. Aprendamos: dizer a verdade é fazer muitos inimigos. Mas nada traz tanta tranquilidade e serenidade como saber que temos a consciência tranquila. Sirva à verdade, e nunca a mentira.