Professora Dra. Josiane Somariva Prophiro
Pesquisadora e docente do Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde e Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais da Universidade do Sul de Santa Catarina

Todos sabemos que o momento atual que vivemos de pandemia é considerado sem precedentes pela nossa geração e para a ciência. Palavras comuns do meio científico pouco conhecidas pela população há alguns meses hoje tem se tornado comum no noticiário diário. E em tempos de pseudociência e fake News a importância de estar informado e de propagar as informações corretas é de extrema importância para a sociedade.

Vivemos num momento de crescimento do movimento antivacina e terraplanismo, agora imaginem o que pode haver de fake News sobre a pandemia? Sendo assim, não faz diferença se você é cientista, donx de casa, professorx, profissional da beleza, motorista, médicx ou advogadx. Todos nós precisamos conhecer e entender a origem desse momento e porque ele é perigoso para a sociedade, já que afeta a todos nós. Todos precisamos ter responsabilidade na propagação das informações, conhecer a fonte, saber se é confiável.
Então, a pergunta que fica é: não devemos acreditar na ciência? Devemos acreditar sim!

Devemos justamente pelo fato de que a ciência está aberta à possibilidade de mudança. A repetição e revisão constante de experimentos e/ou observações científicas são característica fundamentais da ciência, o que confere ainda mais credibilidade a ela. Em qualquer parte do mundo um cientista pode repetir e revisar um trabalho científico e gerar novo conhecimento e, quem sabe, até rejeitar a informação gerada anteriormente.

Sendo assim, a ciência é a melhor ferramenta que o ser humano desenvolveu para gerar conhecimento e/ou melhorar tecnologias e se chegar o mais próximo possível da verdade. Por isso devemos confiar na ciência, na ciência desenvolvida com qualidade e com método científico. E você acredita na ciência?

 

Você sabia?

Pesquisadores de Santa Catarina poderão participar do Edital de Chamada Pública lançado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), com o objetivo de incentivar estudos sobre o coronavírus de impacto imediato sendo na área da saúde ou de retomada econômica. Serão R$ 500 mil destinados ao apoio das propostas selecionadas e a submissão precisa ser realizada até 5 de maio no site www.fapesc.sc.gov.br.

 

Fique atento!

O curso de Cinema e Audiovisual da Unisul, exibe sessões de filmes todas os sábados às 20 h. Para assistir basta clicar em https://www.youtube.com/user/CinemaUnisul. As produções ficam disponíveis até segunda-feira, às 14h.