Lá vem o Fernando Rodrigues com estas perguntas inconvenientes! Você deve estar pensando isso agora de mim, ou não? Pelo sim, ou pelo não, antes que você atire a primeira pedra, ou que dê ombros e pule para próxima página, eu vou tentar ser mais direto ao ponto.

Escrever o seu obituário é uma maneira surpreendentemente e eficaz de evitar o sentimento corrosivo de arrependimento de que você não levou sua vida a novas direções quando teve a chance, assegura o escritor Roman Krznaric.

Experimente escrever o seu obituário, sugere o escritor. Imagine-se no futuro, olhando sua vida em retrospectiva, e escreva a história do que você fez ou do que esperava ter feito.

Pois bem leitor(a), espero que você já tenha me entendido. Em vias de dúvidas, o que quero com o assunto de hoje é falar sobre arrependimentos. Qual o seu maior arrependimento? Você vai deixar sua vida passar e ao final desejar ter feito tudo diferente?

Em seu livro “como encontrar o trabalho de sua vida”, Krznaric, aponta que diante da mais recente pesquisa da psicologia, a forma de arrependimento mais emocionalmente corrosiva ocorre quando deixamos de agir em relação a algo que é profundamente importante para nós. À medida que o tempo passa, a escolha que deixamos de fazer torna-se cada vez maior em nossas mentes e a ideia do “e se eu tivesse…” lança uma terrível sombra sobre nossas vidas!

Acredito que agora ficou mais claro o direcionamento do assunto de hoje. Ou não? Tudo bem. Se não, torço para que no final tudo fique bem mais claro. Sabe aquela velha história de que quando não existia o controle remoto as pessoas eram mais magras? E que depois do tal advento do controle remoto as pessoas ficaram obesas? Então, que tal você sair da zona de conforto e levantar do sofá e fazer aquilo que você tanto sonha antes que seja tarde demais!

Pergunte a si mesmo por que tem tanto medo? Por que tem medo de assumir riscos razoáveis? Teme por sua reputação, pelo que os outros possam vir a pensar? Faça a si mesmo estas perguntas: o que eu posso perder? O que pode acontecer de pior? Sinto-me contente com a possibilidade de viver o resto de minha vida desse modo? Apontam estes questionamentos o psiquiatra Brian Weiss. São ou não boas perguntas para pensarmos com carinho?

E, para fechar o assunto de hoje sem ser fúnebre como você pensou que eu seria ao ler o título do texto, vou citar a frase do filósofo Anthony Clifford: “se existe algo a se temer no mundo, é viver de forma a ter motivos para arrependimento no final”.

Mural de vagas
• Hotel Sandrini contrata auxiliar de cozinha. Necessária a disponibilidade para trabalhar nos fins de semana. Ideal que more próximo ao hotel. Interessados podem ligar para o telefone: (48) 3628-1982, falar com Patrícia.

• Dovalle Indústria Química, em Tubarão, contrata farmacêutico. Ambos os sexos. Interessados enviar currículo para o e-mail: rh@laboratoriodovalle.com.br.

• Unicred contrata caixa. Necessário estar cursando administração de empresas, ciências contábeis ou economia. Vivência em rotinas administrativas, de crédito ou bancárias. Vaga para Orleans. Outras informações pelo site vagas.com.br.

• Oportunidade para os jovens. A Loja Benoit, com atuação em todo Estado de Santa Catarina, lançou o Programa Gerente Trainee. Para participar, o jovem precisa ter o ensino médio completo. Outras informações pelo site benoit.com.br.