Os gaúchos e os porto alegrenses me confirmam isso todo santo dia da semana. Desde que cheguei em Porto Alegre para morar um período que englobe meu doutoramento em engenharia na UFRGS, eu só ouço elogios para o meu querido e lindo Estado, Santa Catarina.

Duas perguntas básicas os gaúchos me fazem quando relato que sou de “Santa” e vim estudar e morar em Porto Alegre: “Você é louco?” e “Em Santa não tem universidade federal?” Estas duas perguntas são tão frequentes que é tipo hábitos diários que eu tenho que realizar, ou seja estou plenamente acostumado e respondo sem pensar muito.

Dito isso, posso afirmar que Santa Catarina é o melhor Estado do Brasil para se viver. Opinião pessoal. Não precisa ninguém me lembrar isso diariamente. Mas fico muito feliz em saber pelo olhar dos outros. Você me entende?

Pois bem, nesta última semana que passou empreitei uma viagem acompanhado pelo meu amigo e amado pai, pelo interior do meu Estado. Rodamos dois mil e trezentos quilômetros de Capivari de Baixo à Foz do Iguaçu/PR. Fomos de carro. Subimos a Serra do Rio do Rastro, passamos por Lages e seguimos pela BR 282 até Flor do Sertão, e dali em diante pegamos a SC 161 e subimos pela cidade de Palma Sola até cruzarmos a fronteira com o Paraná. Atravessamos todo o interior de Santa Catarina.

E, já conhecendo todo o Litoral como eu conheço só faltava conhecer o Meio Oeste e o Extremo Oeste Catarinense, para afirmar com toda certeza absoluta – Santa Catarina é Linda!

Eu e meu pai ficamos orgulhosos do que vimos. Todavia, a viagem foi longa. Porém, valeu a pena. Gaúchos e porto alegrenses eu concordo em gênero, número e grau, “Santa é tudo de Bom”. Do nosso litoral ao nosso Grande Oeste somos um Estado lindo. As nossas belezas naturais são um colírio para os olhos de todo ser vivente. É encantador, as nossas praias e os nossos campos de cima da serra, as grandes plantações do Grande Oeste. Somos um povo Feliz, por mais que muitos ainda não se deram conta disso. E você, o que acha?

Antes de finalizar o texto de hoje, deixe me dizer que fui a Foz do Iguaçu/PR não para comprar no Paraguai, mas para apresentar meu projeto de pesquisa em um Congresso Nacional de Engenharia, entretanto não deixei de atravessar a Ponte da Amizade a pé. Ah! E preciso relatar que os paranaenses também acham Santa Catarina Linda. Todos que conversei, todos.

E afinal, o que eu quero com este texto de hoje? Boa pergunta! Eu desejo que o nosso povo e os nossos políticos assumam a responsabilidade de manter “Santa Linda”, se é que você me entende!

Os governantes precisam da nossa ajuda. A ajuda do povo catarinense para manter Santa Catarina linda, você me entendeu?

Parafraseando e adaptando a frase de John F. Kennedy, “não pergunte o que seu Estado pode fazer por você. Pergunte o que você pode fazer pelo seu Estado”. Fé em Deus e Sucesso.