Em muitas ocasiões em minha vida eu deveria ter lançado a isca certa. E não o fiz. Motivos? Vários! Por improviso. Por impaciência. Por falta de tempo. Por infantilidade. Por excesso de confiança. Por zelo do ego. E por incompetência mesmo. A lista para tal é extensa. Vou me reduzir a estes motivos que lembrei agora. Caso você me conhecesse pessoalmente, muito provavelmente saberia de outros motivos. Em várias destas ocasiões passei por muitos apuros. Uma vez ou outra ainda passo. Como diz o velho ditado: é errando que se aprende. Não é mesmo? Desta forma, proponho-me a lançar um alerta geral para todos aqueles que estão cansados de enviar currículos e mais currículos e nunca serem chamados para a tal entrevista de emprego. A pergunta é: será que você está lançando a isca certa? Independentemente da sua resposta, eu preciso revelar que não sou pescador, contudo cabe a mim, caso for a uma pescaria buscar descobrir qual a isca ideal. Com certeza, não pegarei nenhum camarão com caniço, anzol e minhoca! O que você acha?

Pois bem… Entendeu o detalhe da isca certa? Espero que sim. Portanto, cabe a mim revelar que em sua carreira profissional, na corrida frenética da busca por uma oportunidade no mercado de trabalho, o seu currículo é a tal isca. Quando você envia ou lança a sua isca ela é a ideal, ou você não se preocupa com isso? Você já parou para pensar nisso? Ou ainda acredita que Deus está contra você? Ou aqueles momentos que você pensa que deve ter jogado pedra na cruz!
Nada disso. O detalhe aqui é concreto. Nada de abstrato. Importante: Deus sempre está do seu lado, de todos nós. Tenha fé. Seguindo com o tema do texto de hoje, eu vou apresentar algumas razões que muito provavelmente fazem de seu currículo uma isca errada. Tome nota:

Evite currículo muito longo – o tempo é crucial para todos nós, incluindo os recrutadores e empregadores potenciais. Ao escrever seu currículo, certifique-se que ele não é muito longo. Se a primeira impressão que seu currículo dá é que ele divaga, você já perdeu pontos, ou até mesmo seu currículo já foi para a cesta do lixo. Mantenha seu currículo curto e objetivo.

Evite currículo com experiência irrelevante – coloque sempre o seu cargo atual no início da primeira página – que, geralmente, é o que o seu futuro empregador está procurando imediatamente. Insira somente as que realmente importam e têm relevância para a vaga pretendida.

Evite currículo mal escrito – uma das habilidades que tem sido muito valorizada pelos empregadores é a comunicação. Se o seu currículo é desajeitado e cheio de erros ortográficos, sua credibilidade será posta em dúvida. Sempre verifique a ortografia. Nunca use linguagem informal ou gírias. Caso contrário, seu currículo irá para a cesta do lixo.

Evite currículo com foco errado – muitas pessoas começam o seu currículo com uma lista imensa do histórico educacional. Isso certamente tem um lugar em seu currículo, mas com certeza não é no início. Se o recrutador se deparar com isso, certamente seu currículo irá para a cesta de lixo. Evite no seu currículo a criatividade desnecessária – existe um consenso geral de como um currículo deve ser apresentado. Folha branca A4, no máximo duas páginas e com fonte Arial ou times, tamanho 12. Não invente moda! Caso contrário, seu currículo irá para a cesta do lixo.

Evite no seu currículo destacar suas preferências pessoais – tente não fazer seus interesses pessoais ganharem mais importância do que sua experiência profissional. Evite o falso conhecimento no seu currículo – se você quer ser considerado um profissional capacitado, seja honesto sobre a sua experiência e habilidades. Não exagere e nunca, jamais, minta. Enfim, acredito que agora já temos habilidades suficientes para uma boa pescaria, ops!, uma boa busca de uma oportunidade no mercado de trabalho com a isca ideal. Ou melhor, com o currículo ideal. Fé em Deus e sucesso!