Com certeza, existem decisões mais difíceis que outras. É de conhecimento geral que a vida é feita de escolhas. E qual é a melhor escolha a se fazer? Depende. O certo é que a porcentagem de acertos é de 50% para ambas as alternativas. Ou seja, pode ser uma escolha acertada ou pode ser uma escolha nada agradável do ponto de vista familiar, pessoal, profissional ou empresarial. Isso, é para todos os mortais. Não existem, distinção por classe social. A porcentagem é a mesma. Essa é preciosidade da vida.

Digo isso, para fazer uma breve introdução do assunto que vou tratar hoje. Frequentemente, recebo ligações e e-mails de amigos, profissionais e pessoas em geral que necessitam de uma dica de emprego, bolsas de estudos, uma palavra amiga e etc. e tal. Nestes primeiros dias de janeiro recebi uma ligação que merece destaque. Uma amiga, mãe de uma adolescente me ligou feliz da vida, porém com um dilema. Acredito que é um dilema que muitas famílias passam. Vamos aos fatos antes que você desista da leitura. Dois pontos. A filha adolescente da minha amiga foi aprovada no vestibular de uma universidade particular para o curso de direito.

– Estamos em uma felicidade sem tamanho, contou-me a mãe, toda eufórica! – Minha filha foi aprovada no vestibular para o curso de direito em terceiro lugar no geral do curso, relatou os detalhes a mãe orgulhosa. Isso é mais um motivo de alegria, afirmei para ela. Como conheço a família, o resultado no mínimo já era esperado. Porém, essa colocação não garante uma bolsa de estudos. Esse é o dilema da família. E a matricula, de mil e poucos reais deveria ser paga na próxima semana. Caso contrário, todo o esforço da adolescente, sua dedicação anos afio nos estudos poderia ter sido inútil. Estou sendo muito dramático.

Estudar nunca é demais e não faz mal. Os estudos é uma riqueza sua. Ninguém jamais poderá tirar de você. Pois bem. O que fazer? A família até tinha o dinheiro, mas neste mês de janeiro as contas são tantas… IPTU, IPVA, contas, carnê e etc. e tal. O que ela queria saber com essa ligação era como conseguir uma bolsa de estudos para sua filha. E é o sonho da filha dela fazer direito, e agora? Primeiro, eu a parabenizei e desejei muitas felicidades para toda família. Após apresentei algumas saídas. Disse eu: Não só em universidade particular que se oferece o curso de direito. Ela pode tentar vestibular para uma universidade pública ou ingressar pelo Sisu (sisu.mec.gov.br). Nem tudo está perdido. Já que conheço a adolescente e sei de sua disposição para os estudos. Com toda certeza ela se tentasse vestibular conseguiria uma vaga numa Universidade Federal. Segundo, buscar caminhos para conseguir uma bolsa. Existem vários. Alguns com atalhos, outros o caminho é mais longo. Vamos as opções:

Programa Uniedu – mais informações no site www.uniedu.sed.sc.gov.br; Financiamento estudantil (FIES) – mais informações no site sisfiesportal.mec.gov.br; Programa Universidade Para Todos (ProUni) – mais informações no site prouniportal.mec.gov.br; Quero bolsa – mais informações no site querobolsa.com.br; Educa Mais Brasil – mais informações no site educamaisbrasil.com.br; Logo depois de apresentar as opções, desejei sucesso para sua filha e muitas felicidades à família. Afinal de contas, o dilema, desta mãe é o mesmo que muitas famílias estão passando. Mas, relaxe. Tudo nesta vida tem solução. Se você pegou um caminho e deu errado, reavalie a sua decisão. Pense em novas possibilidades. Seja positivo. Peça ajuda. Se precisar, me envie um e-mail, talvez eu possa ajudar.

Mural de vagas
• Unicer Bebidas contrata operador de empilhadeira. Ensino médio completo. CNH C. Interessados devem enviar o currículo para o e-mail: rh@unicerbebidas.com.br – no assunto colocar operador de empilhadeira.
• Hospital Nossa Senhora da Conceição contrata enfermeiro(a). Com experiência em hospital. Interessados devem enviar o currículo para recrutamento@hnsc.org.br – colocar no assunto enfermeiro SCIH.
• Hospedaria Ponta da Piteira, de Imbituba, contrata atendente. Sexo masculino. Conhecimentos básicos de elétrica e hidráulica. Condução própria. Horário de trabalho das 17 às 23 horas. Contato via WhatsApp: 98843-7276
• Hotel Mar Grosso, em Laguna, contrata saladeira. Com experiência. Interessadas comparecer no hotel.