Com tudo isso que as pessoas estão produzindo em escala global, terrorismo, corrupção, violência e tudo mais que você já sabe, será que estamos no começo do fim, no fim do começo, no começo do fim do começo, no fim do começo do fim, no finalzinho do fim ou no fim do afim? O que você acha?

Mas, antes de você responder peço que pense um pouco mais no assunto. E nesse meio tempo que você vai pensar no assunto eu vou apresentar alguns fatos para salvar o mundo, a sociedade e o mais importante de tudo o seu emprego. Ou, até mesmo o que eu vou sugerir hoje pode auxiliar você a conseguir um trabalho. Então, o que você acha de ler o texto até o final?

Então, vamos ao que interessa! Deixe apesentar uma história que eu li: na Embraer estava faltando uma peça para a montagem de um novo avião, e foi feito um anúncio em todo o mundo para as empresas que poderiam oferecer esse componente pelo menor preço. Da Polônia veio a oferta de construir a peça por três mil dólares, da Inglaterra a oferta foi de seis mil dólares, e o preço pedido em Israel foi de nove mil dólares. Ricardo, o engenheiro responsável pela construção do avião, decidiu visitar os três países para descobrir as razões por trás da disparidade das ofertas.

Na Polônia, o construtor explicou: “Mil dólares para o material necessário, mil dólares para a mão de obra e mil dólares para as despesas gerais e um pequeno lucro.” Na Inglaterra, Ricardo inspecionou a peça e descobriu que ela era tão boa como a feita na Polônia. “Por que vocês estão pedindo seis mil dólares?”, indagou o engenheiro. “Dois mil pelo material”, explicou o inglês, “dois mil pela mão-de-obra e dois mil pelas despesas gerais e um pequeno lucro”. Em Israel, o representante da Embraer entrou em uma viela escura até chegar a uma pequena loja, e lá encontrou o velho que fez a oferta de nove mil dólares. “Por que você está pedindo tanto?”, perguntou o engenheiro. “Bem”, disse o velho judeu, “Três mil para você, três mil para mim e três mil para o babaca do polonês!” Então, eu pergunto a você leitor (a) -, será que nós, seres humanos, só vivemos em função do dinheiro? Da ganância? Do poder? Do prestígio? O que você acha?

Para estas perguntas fui à busca de respostas. E encontrei um montão de pessoas que não pensam só nisso (dinheiro, poder, prestígio e essas coisas do gênero e tal), são pessoas como você e eu. Pessoas que querem um mundo melhor para todos. Pessoas que abraçam causas e pessoas em busca de uma sociedade mais igualitária e justa socialmente. Pois é, eu me viciei nestas ideias que valem a pena ser contadas. Ideias que vão com certeza salvar o planeta. Eu estou falando do TED Talks. Isso, eu já citei aqui em outros textos, porém agora com um contexto diferente.

Se você for como eu, e deseja mudar essa sociedade que está de pernas para o ar, assista na internet os TED Talks. Você vai perceber que não está sozinho nessa batalha por um mundo melhor. Todos os vídeos duram em média dezoito minutos. São minutos que valem a pena serem assistidos. Pessoas do mundo inteiro contam suas façanhas na busca de um futuro melhor para todos.

Assistindo e ouvindo eu já chorei muito, ri muito, e me empolgo muito. A cada novo vídeo que assisto percebo que eu não sou maluco! Quando você assistir um TED você vai me entender.

Enfim, nos sites ted.com e no youtube.com.br (no YouTube você precisa digitar TEDx) você encontra todos os vídeos que valem a pena serem assistidos. São vídeos em todos os idiomas, inclusive de brasileiros que servem de exemplos para o mundo. Agora é com você. Vamos salvar o planeta?

Mural de vagas
• Unicred contrata gerente de relacionamento para a cidade de Tubarão. Outras informações pelo twitter @ahoradoemprego.
• Unicred contrata caixa. Curso superior em andamento em administração de empresas, ciências contábeis ou áreas correlatas. – Para trabalhar em Imbituba. Outras informações pelo site vagas.com.br.
• A empresa Itagres contrata profissional para a área de marketing. Com formação em design ou publicidade ou áreas afins. Interessados enviar o currículo para o e-mail: rh@itagres.com.br.