O mundo dos negócios encontra-se em constantes mudanças, incertezas e desafios. Muitas vezes, nas empresas, não se percebe que mudanças importantes estão acontecendo ao seu redor e que medidas são necessárias para evitar o impacto negativo nos resultados da organização. O fato que as mudanças diagnosticadas ou não podem causar perda de competitividade, diminuição no volume de vendas e do número de clientes. 

As empresas são desafiadas diariamente a mudarem processos, produtos, o posicionamento de mercado e remodelar o seu negócio. A busca pela competitividade torna os concorrentes agressivos, as mudanças em cenários políticos demandam reformulação de estratégias das organizações, e o mercado consumidor vem exigindo cada vez mais dos produtos e serviços ofertados pelas empresas. No cenário de constantes alterações a maior ameaça é a inercia organizacional, ou seja, posicionar-se passivamente frente a todos os acontecimentos do seu entorno. Percebe-se que o mundo dos negócios está em constante evolução, e atualmente, com a globalização e a informatização das relações, tudo se intensifica mais. Acompanhar as mudanças é um desafio, mas deixar de acompanhar pode representar problemas graves de competitividade. É o que vem acontecendo no mercado bancário, onde novos bancos e novas tecnologias modificam e vão modificar o comportamento dos prestadores de serviços bancários. Do ponto de vista político, a baixa taxa de juros Selic cria oportunidades e melhora o mercado dos empréstimos, inclusive, motiva a criação e ampliação dos serviços bancários relacionados ao segmento de empréstimos. Em contraponto, a pulverização dos serviços de cartão de crédito torna o mercado muito competitivo, de forma que reduz o interesse de novos entrantes e torna o negócio mais acirrado para quem já está consolidado. 

Uma ferramenta que pode ajudar a gerenciar as mudanças e a avaliação de cenários. Este tipo de ferramenta tem como finalidade avaliar o cenário futuro em termos de mercado, tecnologias, políticas, economia entre outras variáveis que podem afetar o desempenho das empresas. A premissa das mudanças é converter as dificuldades e os desafios em oportunidades. O espírito empreendedor e inovador dos tomadores de decisões precisa estar contido nas estratégias organizacionais para que isso aconteça. Em muitos casos, se faz necessário destruir o (s) próprio (s) produto (s) e substituir por um produto com maior tecnologia embarcada e que melhor atende os desejos e necessidades dos consumidores.

Você sabia!

Existe uma ótima oportunidade para quem pretende ampliar os conhecimentos e desenvolver pesquisas acadêmicas em Ciências Ambientais. Está aberto processo seletivo para discentes do programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais da Unisul, no nível de mestrado. Os candidatos podem se inscrever até o dia 05/02/2020, para obter maiores informações acesse: http://www.unisul.br/wps/portal/home/ensino/mestrado-e-doutorado/mestrado-em-ciencias-ambientais/como-ingressar

Fique Atento!

A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (FAPESC) em parceria com o Sistema FIESC (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina)/Instituto Euvaldo Lodi de Santa Catarina (IEL/SC), convida empresas, Instituições de Ciência, Tecnologia e Inovação (ICTIs) públicas e privadas, órgãos de Governo e entidades do terceiro setor sediadas em Santa Catarina, através da Chamada Pública FAPESC nº 10/2019,  a apresentarem projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PDI) com o intuito de obter bolsas de apoio à inovação. Saiba mais em: http://www.fapesc.sc.gov.br/edital-de-chamada-publica-fapesc-no-10-2019-programa-talento-inovador-sc-em-fluxo-continuo/.